Deserto de ho­mens e de idei­as

Folha de Londrina Domingo - - OPINIÃO -

Dió­ge­nes an­da­va pe­las ru­as de Ate­nas, em ple­no dia, co­mum alan­ter­na ace­sa nas mãosà procura de um ho­mem...ho­nes­to. Não en­con­trou. O epi­só­dio pa­re­ce fa­zer alu­são ao Bra­sil. Só mu­da de épo­ca e de fronteira. Es­ta­mos nas mes­mas con­di­ções, vi­ven­do a mes­ma ex­pe­ri­ên­cia. As ca­be­ças pen­san­tes se fo­ram, não dei­xa­ram su­ce­dâ­ne­os. Res­tou a he­ran­ça de um go­ver­no ir­res­pon­sá­vel, ata­ca­do por uma fe­bre de po­der não pa­ra ser­vir, mas pa­ra ser­vir-se, co isa­que vem sen­do pro­va­da aca­da lan­ce da La­va Ja­to. E oque es­pan­taé que há vo­zes, den­tro efo­ra­do Con­gres­so, que re­cla­ma­mo re­tor no­de do­na Dil­ma, cer­ta­men­te pa­ra en­ter­rar o ca­dá­ver que dei­xou in­se­pul­to ao sair. Nos­so futuro é ne­bu­lo­so! Não te­mos eli­te po­lí­ti­ca, nem li­de­ran­ças. E oque te­mos são ar­re me­dos gros­sei­ros deu ma­cas t ase­mo per­fil­ne ces­sá­rio pa­ra exer­ce­ra fun­ção po­lí­ti­ca( ar­te de go­ver­nar ), ca­ren­te de edu­ca­ção po­lí­ti­ca, cí­vi­ca, mo­ral, cul­tu­ral e es­pi­ri­tu­al. Es­ta­mos num deserto de ho­mens e de idei­as. Ca­da po­vo tem o go­ver­no que me­re­ce. In­fe­liz­men­te, a de­mo­cra­cia nãoé re­gi­me pa­ra po­vo de ter­cei­ro mun­do. Sus­ten­tá-la, nas con­di­ções atu­ais,éo mes­mo que­dar pé­ro­la aos por­cos!

ANTÔ­NIO S CARPA RIDA ME T TO( apo­sen­ta­do )– Lon­dri­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.