To­cha Olímpica

Folha de Londrina Domingo - - OPINIÃO -

A to­cha pas­sou por aqui. Ape­sar de não ter ver­ba pa­ra saúde, ape­sar dos es­cân­da­los do go­ver­no, ape­sar de não ter merenda nas es­co­las. A to­cha pas­sou por aqui. Ape­sar das gre­ves, do al­tís­si­mo nú­me­ro de de­sem­pre­ga­dos. Fa­lei do trans­por­te público? Ca­rís­si­mo, mas em meio a tu­do is­so, a to­cha pas­sou pe­la mi­nha ci­da­de, pe­la sua, pe­la ci­da­de vi­zi­nha. Te­mos a im­pres­são que por on­de a to­cha pas­sa tu­do fun­ci­o­na. In­crí­vel, tris­te e ver­da­dei­ro. Fun­ci­o­na sim, por al­gu­mas ho­ras. Acom­pa­nhei de per­to. Fui ver, es­que­ceu que a to­cha pas­sou por aqui? Ru­as fo­ram re­ca­pe­a­das e si­na­li­za­das ou se­ria coin­ci­dên­cia? Por on­de pas­sa há po­li­ci­a­men­to nas ru­as, nin­guém fu­ra o si­nal. An­dar à noi­te é se­gu­ro. Você não é as­sal­ta­do do na­da. Nin­guém é atro­pe­la­do. Tem até gru­po an­ti­ter­ro­ris­mo, já trei­na­do pa­ra o even­to na ci­da­de mais vi­o­len­ta do país. Ago­ra fal­ta pou­co pa­ra o gran­de dia, 5 de agos­to. Pa­ra a ce­rimô­nia de aber­tu­ra no Maracanã, não se ilu­da, serão gas­tos mi­lhões. O mes­mo po­de­mos di­zer do en­cer­ra­men­to no dia 21 do mes­mo mês. Res­ta es­pe­rar e con­tar com a sor­te pa­ra que o go­ver­no, após es­se gran­de even­to, vol­te os olhos pa­ra seu po­vo bra­si­lei­ro que tro­ca­ria, to­da ver­ba gas­ta com os Jo­gos Olím­pi­cos por aten­di­men­to dig­no em hos­pi­tais, es­co­las pa­ra seus fi­lhos, em­pre­go pa­ra ga­ran­tir que a fa­mí­lia te­nha o bá­si­co e po­li­ci­a­men­to efi­caz que re­al­men­te tra­ga se­gu­ran­ça.Va­mos ver o que nos es­pe­ra o pós-Olimpíada Rio 2016.

MA­RIA CRIS­TI­NA CAR­DO­SO (es­tu­dan­te de Jor­na­lis­mo) - Lon­dri­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.