Per­to da Ca­pi­tal, mas só no pa­pel

Folha de Londrina Domingo - - GERAL -

A his­tó­ria se re­pe­te em Dou­tor Ulys­ses. O município fi­gu­ra sem­pre nos úl­ti­mos lu­ga­res no ran­king do Ín­di­ce de De­sen­vol­vi­men­to Hu­ma­no (IDH) no Estado. No pa­pel, per­ten­ce à Re­gião Me­tro­po­li­ta­na de Cu­ri­ti­ba (RMC), mas, na prá­ti­ca, a re­a­li­da­de é ou­tra. Sem as­fal­to, o município per­de em com­pe­ti­ti­vi­da­de e não con­se­gue atrair em­pre­sas pa­ra mu­dar a re­a­li­da­de econô­mi­ca.

O che­fe de ga­bi­ne­te da pre­fei­tu­ra, Jo­sé Paulo Bi­ten­court, con­ta que re­cen­te­men­te uma fa­bri­can­te de mó­veis se in­te­res­sou em abrir uma uni­da­de na ci­da­de, que é con­si­de­ra­do um po­lo ma­dei­rei­ro. O negócio só não se con­fir­mou por con­ta da fal­ta de in­fraes­tru­tu­ra. “Como eles iri­am fa­zer a en­tre­ga? Os mó­veis se que­bra­ri­am to­dos nes­sas nos­sas es­tra­das de ter­ra”, co­men­ta. Se­gun­do ele, a fal­ta de em­pre­gos na ci­da­de é fa­tor de­ter­mi­nan­te pa­ra pu­xar os in­di­ca­do­res só­cio-econô­mi­cos pa­ra bai­xo.

Bi­ten­court com­pa­ra a si­tu­a­ção de Dou­tor Ulys­ses à da vi­zi­nha Cer­ro Azul. “Nes­ses 13 anos em que o as­fal­to che­gou lá é vi­sí­vel a me­lho­ra de Cer­ro Azul. A gen­te an­da pe­la ci­da­de e per­ce­be um co­mér­cio mais ro­bus­to, me­lho­res con­di­ções em ge­ral”, ana­li­sa. O pro­je­to de as­fal­ta­men­to en­tre as du­as ci­da­des pre­vê a pa­vi­men­ta­ção do tre­cho de 53 quilô­me­tros da PR092, com um in­ves­ti­men­to de R$ 121 mi­lhões.( C.F.)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.