Re­ze­mos pe­los sí­ri­os

Folha de Londrina Domingo - - OPINIÃO -

Ou­tro dia foi aTur­quia. Ago­ra, no­va­men­te a Sí­ria. Até quan­do o ser hu­ma­no es­ta­rá re­fém do pró­prio ser hu­ma­no? Os ata­ques e bom­bar­dei­os que ma­ta­ram pe­lo me­nos 33 ci­vis e 19 re­bel­des na se­ma­na que pas­sou não ape­nas pre­ju­di­cam o tu­ris­mo, in­clu­si­ve re­li­gi­o­so, pa­ra a re­gião – a Sí­ria já não é um des­ti­no se­gu­ro há al­guns anos e, ago­ra e mais re­cen­te­men­te, a Tur­quia dei­xou de sê-lo –, mas cau­sa o pi­or: a in­se­gu­ran­ça e de­ses­pe­ran­ça pa­ra quem vi­ve ali. Es­ta­mos fa­lan­do de vi­das! O que sen­te Je­sus Cris­to ao ver tan­to so­fri­men­to? Foi na ci­da­de de Da­mas­co, ca­pi­tal da Sí­ria, que Pau­lo te­ve uma ex­pe­ri­ên­cia pro­fun­da de amor com Cris­to. As pes­so­as que ho­je mo­ram lá,ao con­trá­rio, es­tão mui­to­mais­pró­xi­mas de­ex­pe­ri­ên­ci­as de dor. Nós, que vi­a­ja­mos pa­ra os lu­ga­res im­por­tan­tes pa­ra o cris­ti­a­nis­mo, po­de­mos en­con­trar al­ter­na­ti­vas, co­mo a Jor­dâ­nia, um país lin­do tam­bém pa­ra o tu­ris­mo nor­mal. En­tre­tan­to, e os sí­ri­os que não têm pa­ra on­de cor­rer? Que, além de en­cur­ra­la­dos pe­lo egoís­mo e bru­ta­li­da­de da gu­er­ra ci­vil, tam­bém são re­jei­ta­dos por boa par­te dos eu­ro­peus? Aqui, res­ta-nos re­zar por es­ses nos­sos ir­mãos! CACOBRAILE (em­pre­sá­rio) – Lon­dri­na

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.