Pa­blo pe­de pa­ci­ên­cia pa­ra co­rin­ti­a­nos

Folha de Londrina - - Esporte -

É a se­gun­da vez que to­mo ama­re­lo, mas não se po­de per­der a ale­gria no fu­te­bol”

su­pe­rá-lo. Um dos se­gre­dos de­ve ser a pa­ci­ên­cia pa­ra ad­mi­nis­trar o es­ti­lo pe­cu­li­ar de jo­go dos co­man­da­dos do téc­ni­co Fer­nan­do Di­niz.

“Sa­be­mos que o Au­dax vai to­car mui­to a bo­la, sem dar chu­tão e não vai mu­dar mui­to do que fez ano pas­sa­do, até por­que é o mes­mo téc­ni­co e a mes­ma filosofia. Va­mos ter que sa­ber li­dar com is­so por­que eles que­rem que o ad­ver­sá­rio su­ba mui­to. O tem­po vai aju­dar nos­so ti­me a en­ca­rar”, dis­se o za­guei­ro Pa­blo, que em­bo­ra não fi­zes­se par­te do Co­rinthi­ans no ano pas­sa­do, ad­mi­te um sen­ti­men­to de re­van­che en­tre os atle­tas. “Sem­pre tem (cli­ma de re­van­che) por­que per­de­mos de­les no ano pas­sa­do e ago­ra te­mos a opor­tu­ni­da­de de jo­gar com eles no­va­men­te”, as­se­gu­rou.

Au­tor do gol da vi­tó­ria so­bre o No­vo­ri­zon­ti­no, o de­fen­sor es­pe­ra que o Co­rinthi­ans con­si­ga, de fa­to, man­ter os ner­vos no lu­gar e anu­lar as in­ves­ti­das da equi­pe de Fer­nan­do Di­niz. “A gen­te sa­be co­mo o Au­dax jo­ga, pois é uma equi­pe qua­li­fi­ca­da, que tra­ba­lha mui­to a bo­la. Te­mos que en­trar cons­ci­en­tes e sa­ber neu­tra­li­zar os to­ques de­les. Fa­zen­do um jo­go bem con­cen­tra­do, va­mos en­trar mais for­tes pa­ra en­ca­rar o Pal­mei­ras”, des­ta­cou Pa­blo, já lem­bran­do do jo­go se­guin­te, que se­rá o clás­si­co con­tra o ri­val al­vi­ver­de, na quar­ta­fei­ra que vem.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.