STF man­da Es­ta­do in­de­ni­zar pre­so por con­di­ções de­gra­dan­tes

Folha de Londrina - - Geral - Letícia Casado Fo­lha­press

Brasília - O Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) de­ci­diu nes­ta quin­ta-fei­ra (16) que o Es­ta­do de­ve ser res­pon­sa­bi­li­za­do por con­di­ções car­ce­rá­ri­as de­gra­dan­tes e de­ve ar­car com o pa­ga­men­to de in­de­ni­za­ção ao pre­so. O as­sun­to foi le­va­do ao Su­pre­mo em 2011 por um pre­si­diá­rio que en­trou com ação con­tra o Ma­to Gros­so do Sul co­bran­do in­de­ni­za­ção por danos mo­rais em de­cor­rên­cia de su­per­lo­ta­ção car­ce­rá­ria e de fal­ta de con­di­ções mí­ni­mas de saú­de e de hi­gi­e­ne do es­ta­be­le­ci­men­to. Ele ale­gou que o Es­ta­do de­ve­ria ser res­pon­sa­bi­li­za­do por não ga­ran­tir as con­di­ções ne­ces­sá­ri­as pa­ra o cum­pri­men­to da pe­na, o que vi­o­la­ria o prin­cí­pio da dig­ni­da­de hu­ma­na.

O re­la­tor da ação era o mi­nis­tro Te­o­ri Za­vasc­ki, mor­to em aci­den­te aé­reo em 19 de ja­nei­ro de 2017. Em du­as ses­sões, em 2014 e 2015, três mi­nis­tros vo­ta­ram a fa­vor do pre­so. Te­o­ri e Gil­mar Men­des, por uma in­de­ni­za­ção em di­nhei­ro. Luís Roberto Bar­ro­so, pe­la com­pen­sa­ção por meio de des­con­to nos di­as da pe­na. Nes­ta quin­ta (16), os mi­nis­tros Ro­sa We­ber, Ed­son Fa­chin, Di­as Tof­fo­li, Cár­men Lú­cia e Marco Au­ré­lio se­gui­ram o vo­to de Te­o­ri. Luiz Fux e Cel­so de Mel­lo se­gui­ram a so­lu­ção apre­sen­ta­da por Bar­ro­so. A de­ci­são é de re­per­cus­são ge­ral, por­tan­to de­ve­rá ser se­gui­da pe­los ou­tros tri­bu­nais do País.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.