Acu­sa­dos por cha­ci­na vão a jú­ri po­pu­lar

Folha de Londrina - - Geral - Ro­gé­rio Pag­nan Fo­lha­press

São Pau­lo - Três dos qua­tros acu­sa­dos pe­la mai­or cha­ci­na da his­tó­ria de São Pau­lo - que dei­xou 17 mor­tos - se­rão jul­ga­dos a par­tir de se­gun­da-fei­ra (18). O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co vai en­fren­tar a di­fi­cul­da­de de apon­tar aqui­lo que ca­da sus­pei­to fez na noi­te do cri­me, em 13 de agos­to de 2015, a cha­ma­da in­di­vi­du­a­li­za­ção de con­du­ta. Ain­da, a Pro­mo­to­ria bus­ca pro­var uma eta­pa an­te­ri­or: mos­trar que os réus re­al­men­te pas­sa­ram pe­los lo­cais dos ata­ques, em Osas­co e Ba­ru­e­ri, na Gran­de São Pau­lo.

Irão a jú­ri po­pu­lar os po­li­ci­ais mi­li­ta­res Fa­brí­cio Em­ma­nu­el Eleu­té­rio, 32, e Thi­a­go Bar­bo­sa Hen­klain, 30, e o guar­da mu­ni­ci­pal de Ba­ru­e­ri Sér­gio Ma­nha­nhã, 43. O jul­ga­men­to do quar­to réu, o tam­bém PM Vic­tor Cris­til­der, 32, se­rá re­a­li­za­do em ou­tra da­ta, não mar­ca­da, por­que ele foi o úni­co que re­cor­reu con­tra a sen­ten­ça que man­dou to­dos a jú­ri po­pu­lar. To­dos es­tão pre­sos em São Pau­lo há cer­ca de dois anos.

De acor­do com a acu­sa­ção, a cha­ci­na foi pro­vo­ca­da por um gru­po de PMs e guar­das ci­vis que se uni­ram pa­ra vin­gar a mor­te de dois co­le­gas as­sas­si­na­dos por as­sal­tan­tes em di­as an­te­ri­o­res.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.