Mor­re o jor­na­lis­ta Fer­nan­do Pa­che­co Jor­dão

Folha de Londrina - - Geral - Agên­cia Estado

São Pau­lo - Mor­reu na ma­nhã des­ta quin­ta-fei­ra (14), em São Pau­lo, o jor­na­lis­ta Fer­nan­do Pa­che­co Jor­dão, que foi che­fe de re­da­ção da TV Glo­bo em São Pau­lo. Ele ti­nha 80 anos e te­ve fa­lên­cia múl­ti­pla de ór­gãos. O cor­po se­rá cre­ma­do nes­ta sex­ta­fei­ra (15).

Jor­dão co­me­çou no jor­na­lis­mo em 1957 co­mo re­da­tor e lo­cu­tor da ex­tin­ta Or­ga­ni- za­ção Vic­tor Cos­ta, a OVC. De­pois, foi con­tra­ta­do pe­la Rá­dio Di­fu­so­ra, emis­so­ra de­di­ca­da ao jor­na­lis­mo que per­ten­cia ao Gru­po Diá­ri­os As­so­ci­a­dos. Pas­sou tam­bém pe­lo jor­nal O Estado de S. Pau­lo.

Na dé­ca­da de 1970, foi con­tra­ta­do pe­la TV Cul­tu­ra, on­de aju­dou a mon­tar a re­da­ção. De­pois, foi di­re­tor de pro­gra­ma­ção, nos anos 80. É au­tor de “Dos­siê Her­zog”, li­vro so­bre o as­sas­si­na­to do jor­na­lis­ta Vla­di­mir Her­zog, nos po­rões da di­ta­du­ra mi­li­tar em São Pau­lo.

Por meio de no­ta, o Ins­ti­tu­to Vla­di­mir Her­zog la­men­tou a mor­te de Jor­dão: “Não ca­be usar ver­bos no pas­sa­do pa­ra o Fer­nan­do, a quem te­mos de di­zer um adeus ple­no de co­mo­vi­da tris­te­za. Sua in­te­li­gên­cia, le­al­da­de, ge­ne­ro­si­da­de, re­si­li­ên­cia e per­ma­nen­te bom hu­mor ins­pi­ram que ele es­te­ja sem­pre pre­sen­te”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.