Folha de S.Paulo

Pro­je­to po­de abrir ca­mi­nho a va­ci­nas de Pfi­zer e Jans­sen

União e la­bo­ra­tó­rio es­tão em im­pas­se; pro­pos­ta per­mi­ti­ria com­pra por es­ta­dos, mu­ni­cí­pi­os e até ini­ci­a­ti­va pri­va­da

- Re­na­to Ma­cha­do e Natália Can­ci­an Com Mô­ni­ca Ber­ga­mo Health · Medical Activism · Anti-Vaccers · Alternative Medicine · Pfizer · Federal government of Brazil · Cabo Frio · Mary J. Blige · Brazil · Flávio Bolsonaro · Jair Bolsonaro · Americas · Venezuela · Argentina · United States of America · Ministry of Health

O pre­si­den­te do Se­na­do, Ro­dri­go Pa­che­co, afir­mou que um pro­je­to se­rá ela­bo­ra­do pa­ra au­to­ri­zar União, es­ta­dos e mu­ni­cí­pi­os a as­su­mi­rem ris­cos da com­pra das va­ci­nas da Pfi­zer e da Jans­sen. A Pfi­zer dis­se que não acei­ta exi­gên­ci­as fei­tas pe­lo go­ver­no.

bra­sí­lia O pre­si­den­te do Se­na­do, Ro­dri­go Pa­che­co (DEMMG), afir­mou que um pro­je­to de lei se­rá ela­bo­ra­do ain­da nes­ta se­gun­da-fei­ra (22) pa­ra au­to­ri­zar União e tam­bém es­ta­dos e mu­ni­cí­pi­os a as­su­mi­rem os ris­cos da com­pra das va­ci­nas da Pfi­zer e da Jans­sen —cu­jas cláu­su­las são atu­al­men­te ti­das pe­lo go­ver­no fe­de­ral co­mo en­tra­ve pa­ra a com­pra das imu­ni­za­ções.

Além dis­so, Pa­che­co afir­mou que a pro­pos­ta de­ve con­ter per­mis­são pa­ra que a ini­ci­a­ti­va pri­va­da par­ti­ci­pe das aqui­si­ções.

As su­ges­tões fo­ram dis­cu­ti­das em en­con­tro com o mi­nis­tro da Saú­de, Edu­ar­do Pa­zu­el­lo, co­mo al­ter­na­ti­va pa­ra ten­tar des­tra­var a com­pra da va­ci­nas. Mais ce­do, Pa­che­co tam­bém te­ve reu­nião com mem­bros da Pfi­zer e da Jans­sen.

“Um pro­je­to que se­rá con­ce­bi­do ain­da ho­je, no âm­bi­to do Se­na­do Fe­de­ral, é pa­ra que en­con­tre­mos um ca­mi­nho que au­to­ri­ze a União, mas tam­bém es­ta­dos e mu­ni­cí­pi­os, a as­su­mi­rem os ris­cos das com­pras das va­ci­nas, cons­ti­tuir ga­ran­ti­as, cau­ções e se­gu­ros pa­ra po­der ad­qui­rir a va­ci­na”, afir­mou na saí­da do en­con­tro. “E uma ideia que sur­giu ago­ra nes­sa conversa que é a pos­si­bi­li­da­de de ter­mos a par­ti­ci­pa­ção da ini­ci­a­ti­va pri­va­da”, dis­se.

Se­gun­do ele, a ideia é dar se­gu­ran­ça à União pa­ra fir­mar os con­tra­tos. Em­bo­ra dis­cu­ti­das no âm­bi­to da Pfi­zer e da Jans­sen, a me­di­da tam­bém va­le­ria pa­ra ou­tras va­ci­nas.

“Que a União te­nha es­sa se­gu­ran­ça le­gis­la­ti­va pa­ra que fa­ça es­sa aqui­si­ção, e que pos­sa­mos tam­bém nes­sa es­tei­ra au­to­ri­zar es­ta­dos, mu­ni­cí­pi­os e es­sa par­ti­ci­pa­ção da ini­ci­a­ti­va pri­va­da. Com is­so va­mos po­der ga­nhar mui­ta es­ca­la na aqui­si­ção das va­ci­nas”, dis­se.

“Mas, re­pi­to, obe­de­cen­do o Pro­gra­ma Na­ci­o­nal de Imu­ni­za­ção. A ini­ci­a­ti­va pri­va­da que quei­ra con­tri­buir, que o fa­ça res­pei­tan­do as re­gras do PNI e, lo­go na sequên­cia, cum­pri­das as pri­o­ri­da­des do Bra­sil e do PNI pa­ra va­ci­na­ção, po­der li­be­rar pa­ra a ini­ci­a­ti­va pri­va­da ad­qui­rir, o mu­ni­cí­pio ad­qui­rir. Is­so tu­do po­de ser cons­truí­do em um se­gun­do mo­men­to quan­do cum­pri­das as pri­o­ri­da­des”, com­ple­tou.

Na en­tre­vis­ta o se­na­dor Flávio Bol­so­na­ro (Re­pu­bli­ca­nosRJ), fi­lho mais ve­lho do pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, es­ta­va ao la­do de Pa­che­co.

Es­se foi o se­gun­do en­con­tro li­ga­do à dis­cus­são de me­di­das pa­ra a com­pra das va­ci­nas. Mais ce­do, após se reu­nir com re­pre­sen­tan­tes da Pfi­zer e da Jans­sen, Pa­che­co dis­se que o Bra­sil não po­de im­por aos la­bo­ra­tó­ri­os de­sen­vol­ve­do­res de va­ci­nas con­tra a Co­vid-19 con­di­ções es­pe­cí­fi­cas con­tra­ri­an­do a ten­dên­cia mun­di­al.

“Se hou­ver uma cláu­su­la no con­tra­to, que se­ja uma cláu­su­la uni­for­me, apli­cá­vel a to­dos os de­mais paí­ses e con­tra­tan­tes do la­bo­ra­tó­rio, não se po­de im­por que ha­ja al­gum ti­po de mo­di­fi­ca­ção es­pe­cí­fi­ca no ca­so do Bra­sil.”

Na reu­nião com se­na­do­res bra­si­lei­ros, a Pfi­zer afir­mou que não acei­ta as exi­gên­ci­as fei­tas pe­lo go­ver­no bra­si­lei­ro até ago­ra pa­ra ven­der sua va­ci­na ao país.

Se­gun­do o la­bo­ra­tó­rio dis­se aos se­na­do­res, as cláu­su­las que apre­sen­ta não são ex­clu­si­vas da em­pre­sa, mas de vá­ri­as far­ma­cêu­ti­cas. Se­guem um pa­drão in­ter­na­ci­o­nal e es­tão em vi­gor em con­tra­tos ao re­dor do mun­do. Na Amé­ri­ca La­ti­na, ape­nas o Bra­sil, a Ve­ne­zu­e­la e a Ar­gen­ti­na não te­ri­am acei­ta­do as re­gras.

Além de um pro­je­to de lei, ou­tra al­ter­na­ti­va já ci­ta­da pe­lo pre­si­den­te do Se­na­do se­ria uma emen­da à me­di­da pro­vi­só­ria 1.026, que tra­mi­ta na Câ­ma­ra e fle­xi­bi­li­za as re­gras pa­ra com­pra de va­ci­nas.

“É uma pos­si­bi­li­da­de [que a mu­dan­ça se­ja por me­di­da pro­vi­só­ria]. Há uma me­di­da pro­vi­só­ria 1.026 na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos. Há uma emen­da lá apre­sen­ta­da in­clu­si­ve pe­lo se­na­dor Ran­dol­fe Ro­dri­gues que jus­ta­men­te pre­vê es­sa au­to­ri­za­ção da União pa­ra as­sun­ção das su­as res­pon­sa­bi­li­da­des na com­pra da va­ci­na e po­den­do cons­ti­tuir ga­ran­ti­as, se­gu­ros e cau­ção pra es­sa com­pra”, dis­se.

As dis­cus­sões so­bre a ten­ta­ti­va de des­tra­var os con­tra­tos ocor­rem em meio à crí­ti­cas ao go­ver­no so­bre a bai­xa ofer­ta ini­ci­al de va­ci­nas con­tra a Co­vid e a de­mo­ra em fe­char no­vos con­tra­tos. Nos úl­ti­mos di­as, sem do­ses su­fi­ci­en­tes, ao me­nos cin­co ca­pi­tais che­ga­ram a sus­pen­der cam­pa­nhas de va­ci­na­ção.

Se­gun­do o mi­nis­té­rio, o Bra­sil man­tém ne­go­ci­a­ções pa­ra a aqui­si­ção das va­ci­nas de­sen­vol­vi­das pe­la Pfi­zer e pe­la Jans­sen des­de abril de 2020. A pas­ta, no en­tan­to, tem fei­to crí­ti­cas nos úl­ti­mos me­ses às con­di­ções apre­sen­ta­das pe­las em­pre­sas, em es­pe­ci­al à Pfi­zer.

Pa­zu­el­lo vem fa­lan­do que as cláu­su­las são “im­pra­ti­cá­veis” e “le­o­ni­nas”. O la­bo­ra­tó­rio ame­ri­ca­no exi­ge, por exem­plo, imu­ni­da­de em re­la­ção a po­ten­ci­ais efei­tos ad­ver­sos da va­ci­na e só acei­ta ser pro­ces­sa­do em tri­bu­nal nos Es­ta­dos Uni­dos. Pe­de ain­da que o go­ver­no re­nun­cie à so­be­ra­nia de seus ati­vos no ex­te­ri­or co­mo ga­ran­tia de pa­ga­men­to.

Em no­ta di­vul­ga­da nes­ta se­gun­da-fei­ra (22), a Pfi­zer re­ba­te as crí­ti­cas e diz que, até o mo­men­to, 69 paí­ses já as­si­na­ram con­tra­to com con­di­ções se­me­lhan­tes às apre­sen­ta­das ao Bra­sil.

No do­min­go (21), o Mi­nis­té­rio da Saú­de di­vul­gou um po­si­ci­o­na­men­to em que afir­ma­va ter pe­di­do uma ori­en­ta­ção do Pa­lá­cio do Pla­nal­to so­bre co­mo pro­ce­der pa­ra so­lu­ci­o­nar o im­pas­se na com­pra das va­ci­nas.

No tex­to, o mi­nis­té­rio diz que man­tém in­te­res­se na com­pra das va­ci­nas, mas atri­bui a fal­ta de avan­ço nas ne­go­ci­a­ções à “fal­ta de fle­xi­bi­li­da­de” das em­pre­sas.

Em ja­nei­ro, a pas­ta di­vul­gou uma no­ta em que re­co­nhe­cia ter re­cu­sa­do ofer­tas ini­ci­ais da Pfi­zer. A jus­ti­fi­ca­ti­va é que a pro­pos­ta cau­sa­ria “frus­tra­ção aos bra­si­lei­ros” de­vi­do à bai­xa quan­ti­da­de ini­ci­al de do­ses, pre­vis­ta em 2 mi­lhões. O to­tal, po­rém, era se­me­lhan­te ao ob­ti­do pe­la pas­ta na­que­la mes­ma se­ma­na, por meio da Fi­o­cruz.

Atu­al­men­te, o mi­nis­té­rio dis­cu­te a com­pra de 100 mi­lhões de do­ses da Pfi­zer e 38 mi­lhões de do­ses da Jans­sen, se­gun­do in­for­ma­ções di­vul­ga­das a go­ver­na­do­res na úl­ti­ma se­ma­na.

 ?? Ka­mil Kr­zaczyns­ki/Reu­ters ?? Pro­fis­si­o­nais ma­nu­sei­am do­ses de va­ci­na da Pfi­zer em Il­li­nois (EUA)
Ka­mil Kr­zaczyns­ki/Reu­ters Pro­fis­si­o­nais ma­nu­sei­am do­ses de va­ci­na da Pfi­zer em Il­li­nois (EUA)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil