CRÍ­TI­CA

Ex-Mas­terChef com­bi­na Itá­lia e Fran­ça no Ave­ni­da Ca­fé Bis­trô

Folha De S.Paulo - Saopaulo - - #357 Índice -

ex-par­ti­ci­pan­te do Mas­terChef Ivo Lo­pes le­vou sua ex­per­ti­se pa­ra o Ave­ni­da Ca­fé Bist rô, inau­gu­ra­do no­meio des­te ano­na Mo­o­ca. Co­zi­nhei­ro de lon­ga data, com pas­sa­gem ex­ten­sa pe­lo Due Cu­oc­chi Cu­ci­na, ou­tro­ra con­si­de­ra­do um dos me­lho­res ita­li­a­nos da ci­da­de, ele agre­ga téc­ni­cas e re­fe­rên­ci­as fran­ce­sas, co­mo o es­me­ro nas ba­ses e o co­zi­men­to len­to em tem­pe­ra­tu­ras ame­nas, à sua ba­se fin­ca­da na Itá­lia.

São pre­pa­ros co­mo o de­li­ca­do ra­vió­li re­che­a­do com ba­ca­lhau e ge­ma mo­le, aco­mo­da­do so­bre uma es­pu­ma do mes­mo pei­xe se­co e sal­ga­do, co­mo­vas de sal­mão, de apre­sen­ta­ção for­mo­sa (R$ 49). Es­sas mes­mas ovas sur­gem em ex­ces­so, por ou­tro la­do, no car­pac­cio de pol­vo (R$ 40), com al­gas ver­des (que lhe in­ten­si­fi­cam gos­to e aro­ma do mar) e bru­noi­se de ba­ta­tas (cor­ta­das em cu­bi­nhos, fir­mes, que dão con­tras­te de tex­tu­ra). Me­lhor se­ria man­ter o mo­lus­co, que co­zi­nha em cal­do de le­gu­mes —com cer­ve­ja pre­ta no lu­gar da água—, em evi­dên­cia, ape­nas tem­pe­ra­do com su­a­vi­da­de, com flor-de-sa­le li­mão-si­ci­li­a­no.

O pol­vo, aliás, in­te­gra um de seus pra­tos mais au­to­rais, a com­bi­nar mar e mon­ta­nha. Seus ten­tá­cu­los car­nu­dos, com su­per­fí­cie cro­can­te, che­gam à me­sa na com­pa­nhia de pei­to de pa­to gre­lha­do, de car­ne fir­me e aver­me­lha­da, úmi­da, uma be­le­za. Lo­pes apro­vei­ta a gordura do ani­mal pa­ra gre­lhar os mi­ni­le­gu­mes que, de­ma­si­a­da­men­te co­zi­dos, fi­cam mo­len­gas —mais fir­mes se sai­ri­am me­lhor (R$ 79).

A ma­ci­ez, po­rém, cai mui­to bem à bo­che­cha de boi ao vi­nho tin­to, ser­vi­da com po­len­ta cre­mo­sa (R$ 61). Tra­ta-se de um cor­te ri­co em co­lá­ge­no, re­al­ça­do com o mo­lho da pró­pria car­ne es­cu­ro, den­so e in­ten­so.

É de uma exu­be­rân­cia atra­en­te o cas­sou­let de fru­tos do mar com ca­pim-li­mão e cur­ry (R$ 40). De um clás­si­co nas­ce um pra­to pu­jan­te, ou­sa­do e aro­má­ti­co, ser­vi­do fu­me­gan­te, a exa­lar per­fu­me. A coc­ção dos fru­tos do mar é bem-cui­da­da —no­ta-se que ne­nhum ele­men­to pas­sa do pon­to, ain­da que pei­xe, ca­ma­rão, pol­vo, lu­la e ma­ris­co exi­jam co­zi­men­tos dis­tin­tos— e os grãos in­cor­po­ra­dos à receita (ce­va­di­nha, fei­jão-moyashi, tri­go) dão um in­cre­men­to na tex­tu­ra. Mas o que há de ca­lo­ro­so nes­se pra­to, fal­ta no am­bi­en­te.

So­bra do­çu­ra na tor­ta de li­mão des­cons­truí­da, ser­vi­da em uma ta­ça (R$ 20). Cre­me de li­mão, crum­ble de amên­doa e me­ren­gue bas­ta­ri­am, mas a cal­da de frutas ver­me­lhas que de­ve­ria só en­ri­que­cer o vi­su­al, é pu­ro açú­car e de­se­qui­li­bra o con­jun­to.

Pol­vo e pei­to de pa­to gre­lha­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.