Os mer­ca­dos lá fo­ra ques­ti­o­na­rão e exigirão os es­cla­re­ci­men­tos, mas acre­di­to que

Folha De S.Paulo - - Entrevista Da 2ª -

Folha - Há ris­co de en­fren­tar­mos um pro­ble­ma de se­gu­ran­ça ali­men­tar?

Fran­cis­co Sér­gio Tur­ra - Não. Ao con­trá­rio, o Bra­sil es­tá pre­pa­ra­do pa­ra ser uma re­ser­va de ali­men­tos pa­ra o mun­do. Es­ta­mos nos ca­pa­ci­tan­do ca­da vez mais. A ope­ra­ção co­lo­cou em dú­vi­da a qua­li­da­de da carne pro­du­zi­da no Bra­sil. Co­mo o se­tor pla­ne­ja re­a­gir?

O que tem de ha­ver é um for­te es­cla­re­ci­men­to à po­pu­la­ção. Te­mos 99,5% do se­tor ab­so­lu­ta­men­te em dia, ofe­re­cen­do pro­du­tos sau­dá­veis, den­tro do pa­drão de con­for­mi­da­de aqui e lá fo­ra. Nem 0,5% tem fa­lhas.

As fa­lhas de­tec­ta­das pe­la ope­ra­ção pre­ci­sam ser abo­li­das, os agen­tes en­vol­vi­dos, punidos. Não é to­da uma mar­ca que es­tá em jo­go, não é to­da uma em­pre­sa que es­tá em jo­go. São ex­ce­ções pon­tu­ais en­vol­ven­do al­gu­mas mar­cas.

Não dá pa­ra a gen­te ge­ne­ra­li­zar e ven­der a ima­gem de que tu­do é ruim, de que tu­do é cor­rup­to, cor­rom­pi­do e cor­rup­tí­vel. Pa­ra abrir mer­ca­do lá fo­ra, a mé­dia tem si­do de qua­se dez anos de lu­ta. A mai­or in­jus­ti­ça do mun­do é jo­gar na la­ta do li­xo to­do es­se tra­ba­lho, de­ne­grin­do o es­for­ço de mui­tos du­ran­te dé­ca­das. A Po­lí­cia Fe­de­ral iden­ti­fi­cou em­pre­sas ofe­re­cen­do van­ta­gens pa­ra afrou­xar a fis­ca­li­za­ção. Te­mos um pro­ble­ma no sis­te­ma de con­tro­le do país?

Há agen­tes do Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra cum­prin­do seu de­ver e eles são a ab­so­lu­ta mai­o­ria. A ima­gem do Bra­sil, da pro­teí­na brasileira, é im­pe­cá­vel lá fo­ra. Te­mos 36% de to­da a ex­por­ta­ção mun­di­al de fran­go. Ex­por­ta­mos carne suí­na pa­ra vá­ri­os paí­ses.

So­mos os mai­o­res ex­por­ta­do­res de carne bo­vi­na. É um ab­sur­do ni­ve­lar tu­do, ge­ne­ra­li­zar, ven­der a ideia de que no Bra­sil na­da pres­ta, de que tu­do é po­dri­dão, é er­ra­do, na­da es­tá na con­for­mi­da­de da lei. Qu­an­do é jus­ta­men­te ao con­trá­rio: so­mos o país que tem a me­lhor bi­os­se­gu­ri­da­de. O que dá a cer­te­za de que o sis­te­ma de ins­pe­ção fun­ci­o­na?

Além da pro­te­ção da nos­sa ins­pe­ção, so­mos sub­me­ti­dos à ins­pe­ção de vá­ri­os ou­tros téc­ni­cos de paí­ses im­por­ta­do­res que vêm vis­to­ri­ar o país con­ti­nu­a­men­te. Es­ses acon­te­ci­men­tos atu­ais nos fa­rão apri­mo­rar ain­da mais o nos­so sis­te­ma de vi­gi­lân­cia. O se­nhor acre­di­ta que o es­tra­go já te­nha si­do fei­to di­an­te da re­per­cus­são da ope­ra­ção?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.