CVM PE­DE À JBS EX­PLI­CA­ÇÕES SO­BRE DÓ­LAR

Folha De S.Paulo - - Poder - Bra­des­co Va­le (VALE3) Ban­co do Bra­sil

A Co­mis­são de Va­lo­res Mo­bi­liá­ri­os re­for­mas”, res­sal­tou Vol­pon.Pe­tro­bras

A divulgação das gra­va­ções das con­ver­sas do em­pre­sá­rio Jo­es­ley Ba­tis­ta com Temer e ali­a­dos do pre­si­den­te, cu­jo si­gi­lo caiu na noi­te de quin­ta, de­ve cau­sar tur­bu­lên­cia nos mer­ca­dos no­va­men­te nes­ta sex­ta, mas os ana­lis­tas não es­pe­ram a re­pe­ti­ção do pâ­ni­co ob­ser­va­do nes­ta quin­ta en­tre os in­ves­ti­do­res.

O tom­bo no iní­cio do pre­gão, na ma­nhã de quin­ta, fez a Bol­sa bra­si­lei­ra aci­o­nar pe­la pri­mei­ra vez des­de a cri­se internacional de 2008 o me­ca­nis­mo de cir­cuit bre­a­ker, que in­ter­rom­pe as ne­go­ci­a­ções por meia ho­ra se o ín­di­ce Ibo­ves­pa cair mais de 10%.

No fim do pre­gão, o ín­di­ce caiu 8,8%, pa­ra 61.597 pon­tos. As em­pre­sas que com­põem o ín­di­ce per­de­ram R$ 219 bi­lhões em va­lor de mer­ca­do.

O dó­lar co­me­çou o dia com for­te va­lo­ri­za­ção, pas­san­do de R$ 3,13 pa­ra R$ 3,31 —no li­mi­te da tra­va de os­ci­la­ção, que era de 6%. De­pois, is­so foi es­ten­di­do pa­ra 9%.

O Ban­co Cen­tral au­men­tou a in­ter­ven­ção no mer­ca­do pa­ra ten­tar con­ter a al­ta da mo­e­da, mas foi in­su­fi­ci­en­te. O dó­lar co­mer­ci­al su­biu 8,16%, pa­ra R$ 3,390. O dó­lar à vis­ta en­cer­rou o dia com va­lo­ri­za­ção de 8,68%, a R$ 3,373. Bol­sas pe­lo mun­do tam­bém ti­ve­ram dia de que­da (em %) EUA (S&P 500) Ale­ma­nha (Frank­furt) Rei­no Uni­do (Lon­dres) Tó­quio Rús­sia Chi­le Mé­xi­co Ar­gen­ti­na Bra­sil +0,37 -0,44 -0,48

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.