3.802

Folha De S.Paulo - - Opinião -

Um mundo de mu­ros A reportagem in­for­ma so­bre con­di­ções pre­cá­ri­as dos que ten­tam en­trar ile­gal­men­te na União Eu­ro­peia pe­la fron­tei­ra hún­ga­ra. Não é jus­to res­pon­sa­bi­li­zar a Hun­gria pe­las con­di­ções dos mi­gran­tes an­tes da en­tra­da ile­gal. Os hún­ga­ros são um po­vo aco­lhe­dor que aju­da mi­lha­res de re­fu­gi­a­dos ca­da ano. No sé­cu­lo pas­sa­do, mui­tos hún­ga­ros emi­gra­ram pa­ra vá­ri­os paí­ses, in­clu­si­ve o Bra­sil, res­pei­tan­do su­as leis. Somos mui­to gra­tos pe­lo aco­lhi­men­to (“Na por­ta da Eu­ro­pa, ten­tar en­trar é ci­clo de per­pé­tua in­cer­te­za”, “Mundo”, 7/8).

NORBERT KONKOLY,

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.