Em­pre­sa fez tri­a­gem em pa­péis, diz Du­rán

Ad­vo­ga­do afir­ma que ana­li­sou documentos in­ter­nos pa­ra se­le­ci­o­nar da­dos re­pas­sa­dos à de­fe­sa da Ode­bre­cht

Folha De S.Paulo - - Poder -

Pro­cu­ra­dor de­cla­rou que ele che­gou à La­va Ja­to ‘cheio de men­ti­ras’, mas ad­vo­ga­do diz que po­de pro­var acu­sa­ções

con­trá­ri­os ao avan­ço das in­ves­ti­ga­ções da La­va Ja­to.

Acu­sar uma pes­soa é coi­sa mui­to sé­ria, não po­de ser fei­to por diz que diz. A pes­soa faz um acor­do de de­la­ção pa­ra se sa­far de pa­gar um va­lor mui­to mai­or. Se is­so vai aten­der A, B C, eu não sou po­lí­ti­co, eu não vi­vo no Bra­sil, não de­pen­do do país. Não pre­ci­so dis­so, por­que não co­me­ti cri­me.

Qu­an­do não acei­tei par­ti­ci­par do acor­do, sa­bia dos ris­cos. Dei­xe eles fa­la­rem o que qui­se­rem. O que eu es­tou fa­lan­do, eu vou pro­var.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.