Mor­re o pre­mi­a­do pu­bli­ci­tá­rio Ag­ne­lo Pa­che­co, em São Paulo

Folha De S.Paulo - - Mercado Cristina.frias1@grupofolha.com.br - MÍ­DIA

DE SÃO PAULO - O pu­bli­ci­tá­rio Ag­ne­lo Pa­che­co mor­reu na noi­te des­ta quar­ta-feira (11), no Hos­pi­tal Al­bert Eins­tein, em São Paulo. Ele com­ple­ta­ria 71 anos no pró­xi­mo dia 20.

O ve­ló­rio foi realizado no pró­prio hos­pi­tal, nes­ta quinta-feira (12). A cau­sa da mor­te não foi di­vul­ga­da.

Cri­a­dor do slo­gan “To­mou Do­ril? A dor su­miu”, Ag­ne­lo era pre­si­den­te e di­re­tor de cri­a­ção da agência de co­mu­ni­ca­ção que le­va seu no­me.

Ele foi o pri­mei­ro bra­si­lei­ro a con­quis­tar o Clio Awards pa­ra te­le­vi­são, em 1980. Ao lon­go da car­rei­ra, também re­a­li­zou tra­ba­lhos pre­mi­a­dos pelo Fes­ti­val de Can­nes, pelo Fes­ti­val de Gra­ma­do, pe­los Pro­fis­si­o­nais do Ano e pelo Fes­ti­val de No­va York.

Nas­ci­do em Miguel Pereira, no Rio de Janeiro, o pu­bli­ci­tá­rio ini­ci­ou sua car­rei­ra aos 20 anos, em Be­lo Ho­ri­zon­te —ci­da­de on­de pas­sou sua in­fân­cia e ado­les­cên­cia. Pa­che­co se for­mou em di­rei­to e co­mu­ni­ca­ção na PUC-MG.

Em 1985, fun­dou sua pró­pria agência, a Ag­ne­lo Co­mu­ni­ca­ção, que ho­je tem se­des em São Paulo, Brasília e Rio.

O pu­bli­ci­tá­rio te­ria se afas­ta­do do co­ti­di­a­no da em­pre­sa re­cen­te­men­te, pa­ra cui­dar de pro­ble­mas de saú­de, se­gun­do no­ta da OAB-SP (Or­dem dos Ad­vo­ga­dos de São Paulo), pa­ra quem Pa­che­co re­a­li­za­va cam­pa­nhas ha­via 13 anos.

“Um gran­de no­me na área de mar­ke­ting no país”, la­men­tou o pre­si­den­te da en­ti­da­de, Mar­cos Cos­ta.

O pu­bli­ci­tá­rio dei­xa mu­lher, qua­tro fi­lhos e qua­tro ne­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.