Pla­no da Oi é ‘equi­li­bra­do’, diz mai­or aci­o­nis­ta

Folha De S.Paulo - - Mercado Cristina.frias1@grupofolha.com.br -

DA REU­TERS - O pre­si­den­te da hol­ding por­tu­gue­sa Pha­rol, mai­or aci­o­nis­ta da Oi, dis­se nes­ta quinta-feira (12) que o pla­no de re­cu­pe­ra­ção ju­di­ci­al apre­sen­ta­do pe­la em­pre­sa na vés­pe­ra é “equi­li­bra­do e po­si­ti­vo”. Se­gun­do Luis Pa­lha da Silva, a Pha­rol fa­rá es­for­ços pa­ra man­ter sua fa­tia na te­le, ho­je em 25,7%, no mai­or ní­vel possível após a re­es­tru­tu­ra­ção.

O executivo acres­cen­tou que a Pha­rol não se opõe a uma de­man­da pe­la di­lui­ção dos acionistas da Oi. O pla­no da ope­ra­do­ra pro­põe li­mi­te de 25% à con­ver­são de dí­vi­da em ações, bem abai­xo do pre­ten­di­do por cre­do­res da com­pa­nhia.

O pro­ces­so de re­cu­pe­ra­ção da Oi é o mai­or da his­tó­ria do país, com R$ 65,4 bi­lhões em dí­vi­das lis­ta­das.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.