PIB po­de­rá su­bir 4% em qua­tro anos, diz Mei­rel­les

Folha De S.Paulo - - Mercado Lupa@lupa.news - ISA­BEL FLECK

Se­gun­do ele, re­for­mas vão di­tar cres­ci­men­to

Em um se­mi­ná­rio a in­ves­ti­do­res em Washing­ton, o mi­nis­tro da Fa­zen­da, Hen­ri­que Mei­rel­les, dis­se nes­ta quinta (12) que o PIB do Bra­sil po­de su­bir 4% ao ano “em três, qua­tro anos” com as re­for­mas da Pre­vi­dên­cia e tri­bu­tá­ria.

“Es­pe­ra­mos que o PIB po­ten­ci­al pos­sa che­gar a 4% com re­for­mas, o que é bem viá­vel”, afir­mou, a um pú­bli­co de cer­ca de 50 pes­so­as, no se­mi­ná­rio do Ins­ti­tu­to de Fi­nan­ças In­ter­na­ci­o­nais.

A úl­ti­ma pre­vi­são do Ban­co Cen­tral pa­ra o PIB bra­si­lei­ro em 2018 é de cres­ci­men­to de 2,4%. O FMI (Fun­do Mo­ne­tá­rio In­ter­na­ci­o­nal) se mos­trou bem me­nos oti­mis­ta, em sua pro­je­ção di­vul­ga­da na ter­ça (10): 1,5%.

Mei­rel­les ha­via afir­ma­do na quar­ta que acha um “bom nú­me­ro” pa­ra 2018 o cres­ci­men­to de 3%, es­ti­ma­do por “mui­tos ana­lis­tas” no mer­ca­do. Aos in­ves­ti­do­res, ele re­pe­tiu o nú­me­ro nes­ta quinta.

“O nos­so ce­ná­rio-ba­se, que ain­da es­tá no Or­ça­men­to, é um cres­ci­men­to de 2% em 2018, mas já exis­tem di­ver­sos ana­lis­tas e economistas com pre­vi­sões de cres­ci­men­to mai­o­res, até de 3% ou mais no ano que vem. Eu cha­ma­ria de um ce­ná­rio oti­mis­ta, mas é um ce­ná­rio possível.”

“[Che­gar a 4%] de­pen­de de apro­va­ção não só das re­for­mas ma­cro­e­conô­mi­cas, mas também mi­cro­e­conô­mi­cas”, afir­mou. “Al­gu­mas de­las já fo­ram apro­va­das, co­mo a ta­xa de lon­go pra­zo pa­ra o BNDES”, dis­se o mi­nis­tro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.