O SÍM­BO­LO (SE­XU­AL) DE UMA GE­RA­ÇÃO

GRANDES ÍDOLOS DA MÚSICA - Elvis Presley - - INFLUÊNCIA -

Elvis Presley ti­nha ta­len­to mu­si­cal, ca­ris­ma e rit­mo nas per­nas, mas o que cha­ma­va a aten­ção lo­go de ca­ra era cer­ta­men­te sua be­le­za. Ali­a­do à ma­nei­ra sen­su­al com que dan­ça­va e se por­ta­va no pal­co, cri­a­va um mag­ne­tis­mo qua­se se­xu­al com o pú­bli­co. O di­re­tor de te­le­vi­são Ste­ve Bin­der não era fã do can­tor até di­ri­gir o fa­mo­so show de 1968, que fi­cou co­nhe­ci­do co­mo “Co­me­back Spe­ci­al” (o es­pe­ci­al de re­tor­no). “Eu te­nho que di­zer a vo­cê, vo­cê pa­ra, sen­do vo­cê ho­mem ou mu­lher, pa­ra olhá-lo. Ele era bo­ni­to mes­mo. E se vo­cê não sou­bes­se que ele era uma su­pe­res­tre­la, is­so não fa­ria qual­quer di­fe­ren­ça; se ele an­das­se por aqui, vo­cê sa­be­ria que al­guém es­pe­ci­al es­ta­va em sua pre­sen­ça”, de­cla­rou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.