O GRUNGE ES­TA VI­VO

GRANDES ÍDOLOS DA MÚSICA - NIRVANA - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Editorial - A Re­da­ção

Odia 5 de abril de 1994 ja­mais se­ria lem­bra­do da mes­ma for­ma de­pois que, com um úni­co – e de­vas­ta­dor – ti­ro, Kurt Co­bain pu­ses­se fim à sua vi­da. Ama­do e se­gui­do por jo­vens no mun­do to­do, o lí­der da ban­da Nir­va­na re­pre­sen­ta­va mi­lhões de men­tes in­qui­e­tas que, as­sim co­mo ele, ten­ta­vam en­con­trar na mú­si­ca uma ma­nei­ra de des­car­re­gar su­as ener­gi­as. Des­de a ce­na punk, na dé­ca­da de 1970, não se via na­da pa­re­ci­do no ce­ná­rio mu­si­cal: ele e o ami­go Krist No­vo­se­lic – com Da­ve Grohl vin­do mais tar­de – che­ga­ram com acor­des in­qui­e­tos, per­tur­ba­do­res e im­pac­tan­tes, ex­ta­ma­ne­te co­mo Kurt se des­pe­di­ria. Seu le­ga­do, po­rém, fez-se imor­tal. Pro­va dis­so é que, tan­to tem­po de­pois de sua mor­te, no ano em que com­ple­ta­ria 50 anos de ida­de, o ba­ru­lho que sua his­tó­ria pes­so­al e pro­fis­si­o­nal con­ti­nua fa­zen­do é en­sur­de­ce­dor, man­ten­do-o no pos­to do mi­to de es­pí­ri­to re­bel­de. Nes­ta edi­ção de Gran­des Ído­los da Mú­si­ca, res­ga­ta­mos a in­fân­cia e o pri­mei­ro con­ta­to com o mun­do mu­si­cal, o iní­cio da ban­da e os pri­mór­di­os do mo­vi­men­to grunge, a pas­sa­gem pe­lo Brasil, o ro­man­ce – que di­vi­de opi­niões – com Court­ney, o apo­geu de Ne­ver­mind, as­sim co­mo fa­tos e as ain­da exis­ten­tes dú­vi­das so­bre sua mor­te. To­das as ma­té­ri­as fo­ram fei­tas es­pe­ci­al­men­te pa­ra vo­cê, fã, que, as­sim co­mo nós aqui da re­da­ção, tam­bém já vi­ve­ram mo­men­tos mis­tos de fú­ria e emo­ção, ao som de can­ções eter­ni­za­das co­mo Smells Like Te­en Spi­rit, Lithium, All Apo­lo­gi­es e ou­tros clás­si­cos. Que a lei­tu­ra pro­por­ci­o­ne uma vi­a­gem úni­ca na com­pa­nhia des­sa len­da do rock, por­que, pe­lo me­nos nas pá­gi­nas a se­guir, Kurt e o Nir­va­na con­ti­nu­am vi­vos. Boa Lei­tu­ra!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.