CLU­BE DOS 27

GRANDES ÍDOLOS DA MÚSICA - NIRVANA - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Índice - TEX­TO Éri­ca Agui­ar, Ca­ro­li­na Fir­mi­no e Laís Cor­dão/Co­la­bo­ra­do­ra DE­SIGN Rafael Na­ka­o­ka

As­sim co­mo Kurt, ou­tros ar­tis­tas ge­ni­ais per­de­ram a vi­da aos 27 anos

Kurt Co­bain, Ja­nis Jo­plin e Jim

Mor­ri­son mor­re­ram com a mes­ma ida­de. Con­tu­do, o que ex­pli­ca es­sa coin­ci­dên­cia?

Se es­ti­ves­se vi­vo, Kurt Do­nald Co­bain com­ple­ta­ria 50 anos em 2017. Con­tu­do, o ído­lo grunge de uma ge­ra­ção dei­xou seus en­tes que­ri­dos e mui­tos fãs em 1994. En­tre­tan­to, ele não foi o úni­co ar­tis­ta a mor­rer em ple­na ju­ven­tu­de, aos 27 anos. Ou­tras fi­gu­ras em­ble­má­ti­cas fa­zem par­te des­se “clu­be” mis­te­ri­o­so, em que to­dos mor­re­ram com a mes­ma ida­de. É fa­to que am­bos pos­suíam es­ti­los de vi­da bem pa­re­ci­dos: co­ti­di­a­no re­ga­do a mui­to ál­co­ol e dro­gas. Mas se­rá que es­sa é a úni­ca jus­ti­fi­ca­ti­va pa­ra o vo­ca­lis­ta e fun­da­dor do Nir­va­na ter nos aban­do­na­do tão ce­do?

Mui­tos con­tam que o ar­tis­ta lu­ta­va con­tra a de­pres­são e o ví­cio em he­roí­na du­ran­te os úl­ti­mos anos que an­te­ce­de­ram sua mor­te. Em oi­to de abril de 1994, já três di­as após o óbi­to, o cor­po foi des­co­ber­to em sua ca­sa com um fe­ri­men­to na ca­be­ça, su­pos­ta­men­te fru­to da es­pin­gar­da que es­ta­va ao seu la­do. Os lau­dos apon­ta­ram sui­cí­dio co­mo cau­sa da mor­te e os exa­mes mos­tra­ram uma gran­de quan­ti­da­de de he­roí­na em seu cor­po. Era es­se o fim mis­te­ri­o­so de um dos mai­o­res íco­nes da his­tó­ria da mú­si­ca.

Con­tro­vér­si­as

Pa­ra o de­te­ti­ve Tom Grant, con­tra­ta­do pe­la es­po­sa Court­ney Lo­ve com o in­tui­to de des­co­brir o pa­ra­dei­ro de Co­bain, não hou­ve sui­cí­dio, mas as­sas­si­na­to. A ca­li­gra­fia da car­ta, em al­gu­mas par­tes, tem uma letra di­fe­ren­te da per­ten­cen­te a Kurt e não pos­sui su­as di­gi­tais, as­sim co­mo a ar­ma que es­ta­va ao seu la­do.

Grant tam­bém de­fen­de a ideia de que com a quan­ti­da­de de he­roí­na que o as­tro ti­nha em seu cor­po – três ve­zes mai­or do que uma do­se le­tal – não te­ria for­ça su­fi­ci­en­te pa­ra pu­xar o ga­ti­lho e co­me­ter sui­cí­dio. Se­gun­do o de­te­ti­ve, exis­tem in­dí­ci­os de que Court­ney es­ta­va en­vol­vi­da, pois per­ma­ne­ceu três di­as fo­ra de sua re­si­dên­cia na se­ma­na em que Kurt co­lo­cou fim à vi­da.

Con­tu­do, não é ape­nas a mor­te do vo­ca­lis­ta do Nir­va­na que en­vol­ve mis­té­ri­os. Ou­tras ce­le­bri­da­des, que fa­le­ce­ram aos 27 anos, tam­bém ti­ve­ram óbi­tos sus­pei­tos.

AMY WINEHOUSE

14/9/1983 | 23/7/2011

Amy ti­nha uma voz in­com­pa­rá­vel e mor­reu em de­cor­rên­cia do uso abu­si­vo de ál­co­ol. Quan­do seu cor­po foi en­con­tra­do em ca­sa, no bairro lon­dri­no Cam­den Town, ha­via gran­de con­cen­tra­ção de ál­co­ol no san­gue. A di­va ti­nha um es­ti­lo de vi­da au­to­des­tru­ti­vo e tu­do pa­re­ceu tra­gé­dia anun­ci­a­da. Na épo­ca, po­rém, vi­zi­nhos afir­ma­ram ter ou­vi­do gri­tos que vi­nham da ca­sa de Amy.

As te­o­ri­as

O uso ex­ces­si­vo de dro­gas ain­da é a ex­pli­ca­ção mais co­e­ren­te pa­ra tais mor­tes mis­te­ri­o­sas e se­me­lhan­tes. Co­mo mui­tos mú­si­cos co­me­çam a se dro­gar des­de ce­do, quan­do che­gam aos 27 anos, pre­ci­sam de uma quan­ti­da­de ain­da mai­or de en­tor­pe­cen­tes pa­ra con­se­gui­rem o mes­mo efei­to, re­sul­tan­do em over­do­se. Mes­mo as­sim, a te­o­ria não se en­cai­xa pa­ra to­dos que fa­zem par­te do clu­be. Por is­so, sur­gem es­pe­cu­la­ções e di­fe­ren­tes ex­pli­ca­ções pa­ra as mor­tes mar­can­tes.

Uma de­las é re­la­ci­o­na­da ao re­tor­no de Sa­tur­no, pe­río­do em que o pla­ne­ta vol­ta à po­si­ção ori­gi­nal do mo­men­to em que nas­ce­mos. Ele le­va, apro­xi­ma­da­men­te, 29 anos pa­ra com­ple­tar o ci­clo, mas as pes­so­as sen­tem sua in­fluên­cia a par­tir do 27º ano. Al­guns li­dam bem com a ne­ces­si­da­de de ama­du­re­ci­men­to nes­sa fa­se, en­quan­to ou­tros en­tram em de­pres­são ou abu­sam de ál­co­ol e dro­gas.

A nu­me­ro­lo­gia tam­bém ex­pli­ca as mor­tes, afir­man­do que o nú­me­ro 9 – a so­ma dos al­ga­ris­mos de 27, ou o nú­me­ro di­vi­di­do por três, – re­pre­sen­ta o fi­nal de um ci­clo. As­sim, es­sa tran­si­ção pos­sui uma al­ta car­ga de ener­gia, que po­de não ser su­por­ta­da por cer­tos in­di­ví­du­os.

JA­NIS JO­PLIN 19/1/1943 | 4/10/1970 A mai­or can­to­ra de blu­es e soul de sua ge­ra­ção e gran­de íco­ne da ce­na rock dos anos 1960 mor­reu ví­ti­ma de over­do­se de he­roí­na, pos­si­vel­men­te so­ma­da aos efei­tos do ál­co­ol. Ela foi en­con­tra­da morta em um quar­to de...

JIMI HENDRIX 27/11/1942 | 18/9/1970 Um dos gui­tar­ris­tas mais em­ble­má­ti­cos da his­tó­ria tam­bém te­ve sua mor­te ro­de­a­da de mis­té­ri­os. Se­gun­do a au­tóp­sia, ele mor­reu as­fi­xi­a­do pe­lo pró­prio vô­mi­to após to­mar vi­nho e in­ge­rir no­ve pí­lu­las pa­ra dor­mir. O...

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.