Hey Ju­de

GRANDES ÍDOLOS DA MÚSICA - The Beatles - - Principais Músicas Comentadas -

No­va­men­te com au­to­ria de McCart­ney e ajuda de Len­non para man­ter os ver­sos “the mo­ve­ment you ne­ed is on your shoul­der”. Paul se ins­pi­rou no fi­lho de John e Cynthia, Ju­li­an, que na épo­ca ti­nha cinco anos. No ca­mi­nho de vi­si­tar Cynthia de­pois que ela e John se se­pa­ra­ram, Paul pen­sou em Ju­li­an. O ver­so ini­ci­al, Hey Ju­les, foi mu­da­do para Hey Ju­de de­pois, por­que Paul achou “Ju­de” mais so­no­ro. Di­zem tam­bém que a can­ção ser­viu co­mo uma for­ma de con­so­lo para Paul, já que a sua re­la­ção com Ja­ne Asher che­ga­va ao fim e a si­tu­a­ção com os Be­a­tles es­ta­va aba­la­da.

Hey Ju­de foi gra­va­da no meio das ses­sões para o Ál­bum Bran­co. Com as bri­gas den­tro da ban­da, o en­ge­nhei­ro de som Ge­off Eme­rick se sen­tiu des­con­for­tá­vel e pe­diu de­mis­são. Lo­go em se­gui­da, Ge­or­ge Mar­tin ti­rou fé­ri­as e dei­xou a pro­du­ção por vá­ri­as se­ma­nas a car­go de seu as­sis­ten­te, Ch­ris Tho­mas. Além de­les, Rin­go tam­bém dei­xou o gru­po por du­as se­ma­nas.

A can­ção é a mais lon­ga já pro­du­zi­da pe­la ban­da, com se­te mi­nu­tos e oi­to se­gun­dos. Mes­mo com a lon­ga du­ra­ção, ela per­ma­ne­ceu por no­ve se­ma­nas co­mo nú­me­ro um nas pa­ra­das bri­tâ­ni­cas e nor­te-ame­ri­ca­nas e an­tes do fim de 1967, mais de cinco milhões de có­pi­as já ti­nham si­do ven­di­das. Até ho­je Hey Ju­de é o sin­gle de maior sucesso do gru­po.

DU­RA­ÇÃO: 7'08” COM­PO­SI­ÇÃO: Len­non / McCart­ney LAN­ÇA­MEN­TO: 30 de agos­to de 1968 (UK) / 26 de agos­to de 1968 (US) GRA­VA­ÇÃO: 29 de julho; 1º de agos­to de 1968

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.