Dra­má­ti­ca, eu?

Guia Astral - - Signo Do Mes -

“João, te­nho 18 anos e fi­quei com um ca­ra por três se­ma­nas. Ter­mi­nei por­que ele não que­ria na­da sé­rio co­mi­go, só que­ria cur­tir. A gen­te se da­va bem e ter­mi­na­mos nu­ma boa, mas, mes­mo de­pois de um mês, eu ain­da lem­bro de­le em al­guns mo­men­tos. Acho que me ape­guei, não sei se é por­que ele foi o pri­mei­ro ca­ra com que eu fi­quei. Vo­cê acha que es­tou fa­zen­do mui­to dra­ma?”

— Só um pou­qui­nho, né, Stel­la. Brin­ca­dei­ra! Olha, o que vo­cê es­tá sen­tin­do é su­per­nor­mal, viu? Vo­cê ain­da é mui­to no­va e é co­mum fi­car ba­lan­ça­da pe­lo pri­mei­ro ca­ra com quem fi­cou, re­lem­bran­do os bons mo­men­tos jun­tos de­pois de um, dois, três me­ses. Com o tem­po, no­vos amo­res e ou­tras ex­pe­ri­ên­ci­as, es­sas lem­bran­ças do pri­mei­ro amor não vão de­sa­pa­re­cer, mas irão fi­car bem mais fra­cas — afi­nal, o pri­mei­ro a gen­te nun­ca es­que­ce. O jei­to é dei­xar ro­lar, co­nhe­cer ou­tros ra­pa­zes e abrir o seu co­ra­ção pa­ra no­vos amo­res, ok?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.