“Meu ma­ri­do diz que me ama, mas fi­ca de sa­fa­de­za com ou­tras”

Guia Astral - - Índice -

“Já pas­sou da ho­ra de dar uma bas­ta nes­sa sem­ver­go­nhi­ce!”

João Bidu, eu sou ca­sa­da e es­tou pas­san­do por um pro­ble­mão no meu re­la­ci­o­na­men­to. Pre­ci­so mui­to da sua aju­da! Acon­te­ce que o meu ma­ri­do con­ver­sa com mui­tas mu­lhe­res atra­vés do Fa­ce­bo­ok e pe­lo

WhatsApp no ce­lu­lar. Ele fa­la que me ama, que não qu­er ficar com ne­nhu­ma ou­tra mu­lher e tam­bém diz que qu­er se ca­sar co­mi­go, mas fa­la pu­ta­ria com vááá­ri­as mu­lhe­res no com­pu­ta­dor e pe­lo ce­lu­lar. Daí, de­pois ele apa­ga as con­ver­sas pa­ra eu não ver. Só que eu pe­go o ce­lu­lar de­le, blo­queio es­sas mu­lhe­res e apa­go tu­do, mas acon­te­ce que o meu ma­ri­do tem mais de 600 ami­gas só no Fa­ce­bo­ok!!! O que eu de­vo fa­zer? Es­sa si­tu­a­ção es­tá me ma­tan­do de ciú­me. Não aguen­to mais is­so! E tam­bém não sei o que eu fa­ço! Por fa­vor, me aju­da, João Bidu! Ri­so­le­ne — Êpa, qu­er di­zer que o seu ma­ri­do tem mais de 600 “ami­gas” no Fa­ce­bo­ok e, ain­da por ci­ma, fi­ca fa­lan­do sa­fa­de­za com elas e tro­can­do men­sa­gens pe­lo ce­lu­lar?! Se o ca­ra só fi­ca de pa­po com elas, é ruim, mas me­nos mal. Ago­ra, se vo­cê não qu­er pa­gar pra ver e cor­rer o ris­co de ga­nhar um en­fei­te na ca­be­ça, já pas­sou da ho­ra de se me­xer e dar uma bas­ta nes­sa sem-ver­go­nhi­ce. Vo­cê já aguentou mui­ta coi­sa e não po­de mais aba­far o ca­so nem em­pur­rar o pro­ble­ma com a bar­ri­ga — ficar só apa­gan­do ou blo­que­an­do es­sas “ami­gas” de­le não vai re­sol­ver na­da, ok? Afi­nal, o pro­ble­ma é a ati­tu­de do seu ma­ri­do, que an­da be­e­em sai­di­nho. Pra re­sol­ver es­sa ba­ga­ça, vo­cê vai ter que cri­ar co­ra­gem e co­lo­car o ca­ra con­tra a pa­re­de: exi­gir que ele pa­re com is­so e te res­pei­te! Tal­vez se­ja o ca­so de pe­dir que ele apa­gue o per­fil nas re­des so­ci­ais tam­bém. Mas, co­mo na­da im­pe­de que ele fa­ça um per­fil fal­so e con­ti­nue a aza­ra­ção, o jei­to é con­ti­nu­ar de bu­tu­ca li­ga­da pra pe­gar qual­quer des­li­ze do seu ma­ri­do. Ago­ra, se vai con­se­guir vi­ver as­sim, só vo­cê po­de di­zer, pois du­vi­do mui­to que ele vá mu­dar, va­leu?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.