Bru­na Mar­que­zi­ne.................................

Sai­ba mais so­bre as su­pe­ra­ções e con­quis­tas da atriz de Deus Sal­ve o Rei

Guia Astral - - News -

Con­fi­ra um ba­te-pa­po com a atriz de Deus Sal­ve o Rei

Des­de a pe­que­na Sa­le­te, pa­pel que fez em Mu­lhe­res Apai­xo­na­das, à Ca­ta­ri­na, per­so­na­gem de Deus Sal­ve o Rei, Bru­na Mar­que­zi­ne, le­o­ni­na, con­quis­tou mi­lha­res de fãs pe­lo Bra­sil. Com 22 anos, a atriz con­ver­sou com a Guia As­tral so­bre sua fa­se atu­al - que des­cre­ve co­mo re­ple­ta de “au­to­co­nhe­ci­men­to e des­co­ber­tas”. Con­fi­ra a se­guir mais so­bre as trans­for­ma­ções des­sa le­o­ni­na e fi­que por den­tro da vi­da re­al da vi­lã de Deus Sal­ve o Rei!

BEM-ES­TAR

Bru­na afir­ma que ho­je a pri­o­ri­da­de é “cui­dar de mim de ver­da­de”. Pa­ra is­so, ela in­ves­te des­de mui­ta re­fle­xão à me­di­ta­ção e te­ra­pia. A saúde do cor­pi­nho tam­bém não fi­ca de fo­ra: além do trei­no fun­ci­o­nal e do Mu­ay Thai, a atriz se­gue man­ten­do a ali­men­ta­ção sau­dá­vel com uma di­e­ta re­co­men­da­da pe­la nu­tri­ci­o­nis­ta. Uma coi­sa que tem cha­ma­do aten­ção (e até pre­o­cu­pa­do al­guns fãs) é a ma­gre­za de Mar­que­zi­ne. Mas ela ex­pli­ca que, ape­sar de ser de fa­to uma ques­tão es­té­ti­ca, a cul­pa é da prin­ce­sa de Ate­na: “pe­la Ca­ta­ri­na ser es­sa mu­lher al­ti­va, de pre­sen­ça for­te, eu ima­gi­nei que mais ma­gra tal­vez eu fi­cas­se com o ros­to mais du­ro e ma­du­ro”.

SU­PE­RA­ÇÕES

Ape­sar das con­quis­tas, nem tu­do é um mar de ro­sas: Bru­na ad­mi­te que já pen­sou em de­sis­tir da car­rei­ra, qu­an­do fa­zia a Lur­di­nha, em Sal­ve Jor­ge, de­vi­do ao ape­lo se­xu­al mai­or da per­so­na­gem. “As pes­so­as co­me­ça­ram a me olhar de ma­nei­ra di­fe­ren­te, a in­ven­tar coi­sas de mim, o que me as­sus­tou”. A atriz te­ve que re­pen­sar as con­sequên­ci­as da sua pro­fis­são, mas foi apren­den­do a li­dar com elas com o apoio da fa­mí­lia e de pro­fis­si­o­nais.

MO­DA

Ou­tro as­sun­to que dá o que fa­lar são os lo­oks da atriz, que vão de vi­su­ais bem ou­sa­dos à ou­tros mais re­trôs. Pa­ra Bru­na, a mo­da tam­bém “é uma ma­nei­ra de me ex­pres­sar e mos­trar quem eu sou”. Quan­to às crí­ti­cas, Mar­que­zi­ne con­ta que ho­je só dá aten­ção às re­la­ci­o­na­das ao seu tra­ba­lho. Pe­las ou­tras, ela não se dei­xa mais aba­lar, já que não se ves­te “pa­ra agra­dar as pes­so­as e sim pa­ra me sen­tir bem”. E com­ple­ta com uma opi­nião que mar­ca o gê­nio for­te, tí­pi­co de uma le­o­ni­na: “quan­to mais a gen­te pres­ta aten­ção na opi­nião dos ou­tros, mais a gen­te se li­mi­ta e se dis­tan­cia de quem a gen­te re­al­men­te é”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.