Du­as Ve­zes Vo­cê

Guia Astral - - Lgbt Homens -

Se a sau­da­de não do­es­se as­sim

Nem tão gran­de fos­se a so­li­dão

Se eu pu­des­se gos­tar só de mim

Te ex­pul­sa­va do meu co­ra­ção

Se eu pu­des­se não ser co­mo sou

E apren­des­se co­mo te odi­ar Mas só sei sen­tir amor, vo­cê sa­be que ga­nhou Mas não vou me en­tre­gar To­dos os meus so­nhos são teus

Pois co­mi­go vo­cê sem­pre es­tá

Mes­mo quan­do eu pen­so em Deus

Eu só sei te lem­brar, te lem­brar

E se fos­se pre­ci­so es­co­lher

Em te amar ou po­der te es­que­cer

Sei que o meu co­ra­ção pe­di­ria du­as ve­zes vo­cê! To­dos os meus so­nhos são teus

Pois co­mi­go vo­cê sem­pre es­tá

Mes­mo quan­do eu pen­so em Deus

Eu só sei te lem­brar, te lem­brar

E se fos­se pre­ci­so es­co­lher

Em te amar ou po­der te es­que­cer

Sei que o meu co­ra­ção pe­di­ria du­as ve­zes vo­cê!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.