Mi­nis­té­rio do Tu­ris­mo de­ba­te agen­da do se­tor com par­la­men­ta­res e se­cre­tá­ri­os

Hoteis - - Trade -

po­de­mos se­di­ar gran­des even­tos e bem re­ce­ber os tu­ris­tas”, co­men­ta.

A pes­qui­sa foi re­a­li­za­da en­tre os di­as 06 e 23 de agos­to e ou­viu 435 pro­fis­si­o­nais de im­pren­sa in­ter­na­ci­o­nal. De acor­do com o le­van­ta­men­to as no­tí­ci­as pro­du­zi­das so­bre o Bra­sil ti­ve­ram uma abran­gên­cia pri­o­ri­ta­ri­a­men­te: glo­bal (15,4%); Es­ta­dos Uni­dos (13,3%), Chi­na (7,1%) e Ale­ma­nha (6,9%).

O mi­nis­tro do Tu­ris­mo, Marx Bel­trão, se reu­niu com o Pre­si­den­te da Co­mis­são de Tu­ris­mo na Câ­ma­ra e da Fren­te Par­la­men­tar Mis­ta em De­fe­sa do Tu­ris­mo, Her­cu­la­no Passos, pa­ra tra­tar dos pro­je­tos do se­tor em tra­mi­ta­ção no Con­gres­so Na­ci­o­nal. Na pau­ta, as ações ne­ces­sá­ri­as pa­ra des­tra­var gar­ga­los e per­mi­tir o de­sen­vol­vi­men­to do se­tor.

Bel­trão afir­ma que o apoio do Con­gres­so é ne­ces­sá­rio pa­ra a or­ga­ni­za­ção e de­sen­vol­vi­men­to do tu­ris­mo bra­si­lei­ro. “O apoio do Con­gres­so é fun­da­men­tal pa­ra tra­ba­lhar­mos de ma­nei­ra pro­po­si­ti­va e co­la­bo­ra­ti­va, di­a­lo­gan­do cons­tan­te­men­te pa­ra cons­truir­mos as pau­tas ne­ces­sá­ri­as pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to do Tu­ris­mo”, co­men­ta.

Her­cu­la­no Passos des­ta­cou a isen­ção de vis­tos em ca­rá­ter ex­cep­ci­o­nal pa­ra vi­a­jan­tes dos EUA, Ca­na­dá, Ja­pão e Aus­trá­lia no pe­río­do dos Jo­gos Olím­pi­cos e Pa­ra­lím­pi­cos, co­mo uma vi­tó­ria im­por­tan­te do tu­ris­mo em 2016. Dos mais de 156 mil es­tran­gei­ros des­sas qua­tro na­ci­o­na­li­da­des que en­tra­ram no Bra­sil en­tre 1 de ju­nho e 12 de se­tem­bro, 75% (117,09 mil) afir­ma­ram que usa­ram a dis­pen­sa do vis­to. Pe­las es­ti­ma­ti­vas do Mi­nis­té­rio do Tu­ris­mo, a eco­no­mia na­ci­o­nal fa­tu­rou US$ 142.1 mi­lhões com es­tes tu­ris­tas.

O mi­nis­tro tem a in­ten­ção de pro­lon­gar ou até de tor­nar per­ma­nen­te es­sa po­lí­ti­ca de isen­ção dos vis­tos. Ele pre­ten­de ar­ti­cu­lar com o Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça e o Mi­nis­té­rio das Re­la­ções Ex­te­ri­o­res pa­ra apre­sen­ta­rem o no­vo vis­to ele­trô­ni­co. “Se con­se­guir­mos es­ten­der por um pe­río­do mai­or ou tor­ná­la per­ma­nen­te te­re­mos im­pac­tos ain­da mais po­si­ti­vos na eco­no­mia. Va­mos dis­cu­tir a pau­ta com to­dos os en­vol­vi­dos, co­mo o Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça e o Mi­nis­té­rio das Re­la­ções Ex­te­ri­o­res, que têm tra­ba­lha­do no vis­to ele­trô­ni­co, uma me­di­da im­por­tan­te de fa­ci­li­ta­ção de vi­a­gens”, con­cluiu o mi­nis­tro.

Uma co­mi­ti­va de ho­te­lei­ros li­de­ra­da pe­lo Pre­si­den­te da ABIH Na­ci­o­nal, Dil­son Ja­tahy Fon­se­ca

Jr., tam­bém es­te­ve em Bra­sí­lia pa­ra uma reu­nião com o no­vo Mi­nis­tro do Tu­ris­mo, Marx Bel­trão.

O ob­je­ti­vo da vi­si­ta à ca­pi­tal fe­de­ral foi pa­ra en­tre­gar uma car­ta com 13 rei­vin­di­ca­ções da ho­te­la­ria na­ci­o­nal. Se­gun­do o Pre­si­den­te da ABIH Na­ci­o­nal, du­ran­te a reu­nião fo­ram de­ba­ti­dos os prin­ci­pais pon­tos e gran­des di­fi­cul­da­des que pas­sa o se­tor atu­al­men­te, co­mo a ur­gên­cia na re­gu­la­men­ta­ção e tri­bu­ta­ção dos si­tes de co­mer­ci­a­li­za­ções on­li­ne e de pro­du­tos e con­cor­ren­tes não re­gu­la­men­ta­dos, por exem­plo. Tam­bém foi opor­tu­ni­da­de pa­ra apre­sen­tar ao no­vo mi­nis­tro a si­tu­a­ção da ho­te­la­ria na­ci­o­nal e ex­pli­car ca­da uma das me­di­das apre­sen­ta­das na car­ta ex­pon­do a si­tu­a­ção ge­ral do se­tor e os im­pac­tos em to­da ca­deia de ser­vi­ços do tu­ris­mo bra­si­lei­ro, aí in­cluí­das as com­pa­nhi­as aé­re­as uma vez que a re­du­zi­da ma­lha da avi­a­ção bra­si­lei­ra im­pac­ta so­bre­ma­nei­ra a per­for­man­ce dos des­ti­nos tu­rís­ti­cos.

A co­mi­ti­va da ABIH Na­ci­o­nal foi com­pos­ta pe­los di­re­to­res Ma­nu­el Lis­boa, Lu­ci­a­no Car­nei­ro, To­maz Ike­da e Jai­me Me­nin.

En­con­tro es­tu­da a isen­ção per­ma­nen­te dos vis­tos pa­ra tu­ris­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.