Pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to de um apli­ca­ti­vo há vá­ri­os fa­to­res que de­vem ser ob­ser­va­dos:

Hoteis - - Especial -

- Apli­ca­ti­vo não é web­si­te e de­ve ser tra­ta­do co­mo uma fer­ra­men­ta pa­ra au­xi­li­ar quem es­tá em mo­vi­men­to;

- Ele de­ve uti­li­zar os re­cur­sos tec­no­ló­gi­cos do smartpho­ne co­mo a ca­mê­ra, GPS, te­le­fo­ne;

- Não é uma fer­ra­men­ta pa­ra di­vul­gar con­teú­dos ex­ten­sos. A in­ter­net mó­vel é mais len­ta e por con­sequên­cia mais ca­ra, por is­so de­ve-se evi­tar fotos em al­ta re­so­lu­ção, ví­de­os ex­ten­sos e con­teú­do lon­go;

- Uma das prin­ci­pais fer­ra­men­tas do apli­ca­ti­vo é a pos­si­bi­li­da­de de exi­bir aler­tas;

- A te­la do smartpho­ne é pe­que­na e o apli­ca­ti­vo não é uma fer­ra­men­ta pa­ra exi­bi­ção de con­teú­dos mui­to gran­des;

- De­ve-se to­mar cui­da­do com ta­ma­nho de ima­gens e ví­de­os, pois po­de pre­ju­di­car o de­sem­pe­nho do app;

- O apli­ca­ti­vo de­ve ser mui­to mais di­nâ­mi­co que o web­si­te, exi­bin­do sem­pre no­vi­da­des, pro­mo­ções, atra­ti­vos pa­ra que o usuá­rio não de­sins­ta­le de seu apa­re­lho;

- Im­por­tan­te sem­pre pla­ne­jar ações uti­li­zan­do as fer­ra­men­tas dis­po­ní­veis do app pa­ra en­vol­ver os usuá­ri­os.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.