MI CA­SA, SU CA­SA

Equi­la­nun­do-se co­mo po­de Pra da zo­na de re­bai­xa­men­to à Sé­rie 8, o Vi­tó­ria ini­cia o úl­ti­mo ter­ço do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro com di­re­to­ria e co­mis­são téc­ni­ca to­tal­men­te di­fe­ren­tes do ini­cio do tor­neio. Mas o sen­ti­men­to do tor­ce­dor... Ah, es­se con­ti­nua o mes­mo

Jornal da Metropole - - Front Page - Fo­to Tá­cio Mo­rei­ra Tex­to Fe­li­pe Pa­ra­nhos fe­li­pe.pa­ra­nhos@me­tro1.com.br

Equi­li­bran­do-se co­mo po­de fo­ra da zo­na de re­bai­xa­men­to à Sé­rie B, o Vi­tó­ria che­gou ao úl­ti­mo ter­ço do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro com di­re­to­ria e co­mis­são téc­ni­ca to­tal­men­te di­fe­ren­tes do iní­cio do tor­neio, mas o sen­ti­men­to do tor­ce­dor... Ah, es­se con­ti­nua o mes­mo.

Ape­sar de ter a quinta me­lhor cam­pa­nha do re­tur­no — 10 pon­tos e 55,6% de apro­vei­ta­men­to —, o nú­me­ro é en­ga­no­so, uma vez que al­guns rivais do Z4 tam­bém es­tão em boa fa­se — a exem­plo do Avaí, que tem 66,7% de apro­vei­ta­men­to no se­gun­do tur­no, do Atlé­ti­co-GO, atu­al­men­te com 55,6%, e da Cha­pe­co­en­se, que fez 50% dos pon­tos. Ou se­ja, por en­quan­to, a re­a­ção tem da­do pou­co re­sul­ta­do: a 16ª co­lo­ca­ção que o di­ga.

Pa­ra pi­o­rar, al­gu­mas de­ci­sões fo­ra do cam­po têm en­ver­go­nha­do o ru­bro-ne­gro, a exem­plo da cam­pa­nha pu­bli­ci­tá­ria “Caiu na to­ca, já per­deu”, que, além de usar “caiu” e “per­deu” na mes­ma fra­se, ain­da re­fle­te exa­ta­men­te o con­trá­rio da re­a­li­da­de do ru­bro-ne­gro, pi­or man­dan­te da Sé­rie A.

Pri­mei­ra pla­ca, po­lê­mi­ca e sem co­ne­xão com a re­a­li­da­de, foi subs­ti­tuí­da por ou­tras du­as, mais ge­né­ri­cas, mas igual­men­te sem sal

Re­pro­du­ção

Re­pro­du­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.