“BRT É 15% MAIS BARATO QUE O VLT”, DIZ MO­TA

Se­cre­tá­rio re­ba­teu inú­me­ras crí­ti­cas ao mo­dal e cul­pou “fa­ke news” pe­la gran­de re­jei­ção popular

Jornal da Metropole - - Entrevista - Fo­to Tá­cio Mo­rei­ra

Se­cre­tá­rio de mu­ni­ci­pal de Mo­bi­li­da­de, Fá­bio Mo­ta con­ver­sou com Chi­co Ker­tész, na úl­ti­ma se­gun­da-feira (14), so­bre os pro­ble­mas do trân­si­to da ci­da­de. Na oca­sião, o se­cre­tá­rio re­ba­teu as crí­ti­cas con­tra a im­plan­ta­ção do Bus Rapid Tran­sit (BRT) de Salvador. “Es­se primeiro tre­cho vai cus­tar R$ 212 mi­lhões. O or­ça­men­to era R$ 397 mi­lhões, es­sa é a gran­de con­fu­são que o po­vo faz fa­ke news. Di­zem que o pro­je­to vai cus­tar R$ 820 mi­lhões, is­so é o or­ça­men­to, quan­do a pre­fei­tu­ra foi cap­tar”, dis­se.

Res­sal­tan­do que o se­gun­do tre­cho vai do Par­que da Ci­da­de até a La­pa, Mo­ta ain­da ne­gou que o mo­de­lo im­plan­ta­do em Salvador se­ja de­fa­sa­do, co­mo acre­di­tam al­guns es­pe­ci­a­lis­tas em mo­bi­li­da­de, mas ad­mi­tiu que, no fu­tu­ro, as obras não se­rão ca­pa­zes de com­por­tar um ou­tro mo­dal co­mo o VLT. “Nós en­ten­de­mos que ali não dá (...) O BRT é 15% mais barato que o VLT. Do re­cur­so das obras que es­tão sen­do fei­tas, ape­nas 22 % é pa­ra o BRT, o res­to é pa­ra obras de in­fra­es­tru­tu­ra. In­de­pen­den­te de qual fos­se o sis­te­ma, te­ri­am que ser fei­tos vi­a­du­tos”, com­ple­tou. Ques­ti­o­na­do so­bre a gran­de quan­ti­da­de de vi­a­du­tos pre­vis­tos no pro­je­to, o se­cre­tá­rio ne­gou er­ros. “Vão eli­mi­nar as si­na­lei­ras”, re­ba­teu o se­cre­tá­rio de Mo­bi­li­da­de.

BRT já foi al­vo de vá­ri­os pro­tes­tos em Salvador

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.