Jornal do Commercio

Mais 2 mi­lhões de do­ses

Os EUA são o país mais afe­ta­do no mun­do em ter­mos ab­so­lu­tos pe­lo coronavíru­s

- Health · Medical Activism · AstraZeneca · Oxford · United States of America · Joe Biden · Joe (singer) · Vietnam · White House · Kamala Harris · Donald Trump · U.S. Centers for Disease Control · Pfizer · Johnson & Johnson · Oswaldo Cruz · Oswaldo Cruz Foundation

Fun­da­ção Oswal­do Cruz vai re­ce­ber ho­je a no­va re­mes­sa de va­ci­nas pron­tas con­tra a co­vid-19, de­sen­vol­vi­das pe­la far­ma­cêu­ti­ca As­tra­Ze­ne­ca com Ox­ford.

Os Es­ta­dos Uni­dos su­pe­ra­ram nes­ta segunda-fei­ra (22) as 500 mil mor­tes pe­lo coronavíru­s, e o pre­si­den­te Joe Bi­den pres­tou ho­me­na­gem por meio de uma ce­rimô­nia, ain­da que o avan­ço da va­ci­na­ção no país e no mun­do ge­re oti­mis­mo so­bre um pos­sí­vel fim da pan­de­mia.

Di­an­te do mar­co som­brio nos Es­ta­dos Uni­dos, Bi­den or­de­nou que as ban­dei­ras dos pré­di­os do go­ver­no fe­de­ral se­jam has­te­a­das a meio mas­tro por cin­co di­as, anun­ci­ou sua por­ta-voz, Jen Psa­ki. “Mais ame­ri­ca­nos mor­re­ram nes­ta pan­de­mia do que na Pri­mei­ra Guer­ra Mun­di­al, na Segunda Guer­ra Mun­di­al e na Guer­ra do Vi­et­nã jun­tas”, dis­se o pre­si­den­te ame­ri­ca­no em uma de­cla­ra­ção.

À noi­te, em um ce­rimô­nia no jar­dim da Ca­sa Bran­ca, on­de ve­las fo­ram ace­sas em ho­me­na­gem aos fa­le­ci­dos, Bi­den dis­se: “Eu sei co­mo é”, em re­fe­rên­cia às mui­tas tra­gé­di­as que su­pe­rou em sua vi­da. Ele ain­da pe­diu aos ame­ri­ca­nos que lem­bras­sem da­que­les que par­ti­ram e que per­ma­ne­ces­sem vi­gi­lan­tes, res­pei­tan­do o dis­tan­ci­a­men­to so­ci­al, o uso da más­ca­ra e que to­dos se va­ci­nem.

Jun­to com a es­po­sa Jill, a vi­ce-pre­si­den­te Ka­ma­la Har­ris e seu ma­ri­do Doug Emhoff, Bi­den res­pei­tou um mi­nu­to de si­lên­cio e, an­tes de vol­tar a en­trar na Ca­sa Bran­ca, se ben­zeu. Mi­nu­tos an­tes, mar­can­do o pôr do sol, as ban­dei­ras de to­dos os pré­di­os fe­de­rais, in­cluin­do as em­bai­xa­das, fo­ram co­lo­ca­das a meio mas­tro.

Os Es­ta­dos Uni­dos são o país mais afe­ta­do no mun­do em ter­mos ab­so­lu­tos pe­lo coronavíru­s, com 28 mi­lhões de in­fec­ções e meio mi­lhão de mor­tes.

Ao con­trá­rio de seu an­te­ces­sor, o re­pu­bli­ca­no Do­nald Trump, Bi­den fez do com­ba­te à pan­de­mia sua pri­o­ri­da­de. O pre­si­den­te aler­tou que o nú­me­ro de ví­ti­mas nos Es­ta­dos Uni­dos po­de ul­tra­pas­sar 600 mil. Ape­sar das dra­má­ti­cas per­das, a ten­dên­cia no país é de for­te que­da.

Ro­chel­le Wa­lensky, di­re­to­ra dos Cen­tros de Con­tro­le e Pre­ven­ção de Do­en­ças (CDC), a agên­cia fe­de­ral de su­per­vi­são de saú­de pú­bli­ca, in­for­mou que as mor­tes nos Es­ta­dos Uni­dos es­tão em seu ní­vel mais bai­xo des­de de­zem­bro, com uma que­da de 39% na mé­dia dos úl­ti­mos se­te di­as de no­vos ca­sos diá­ri­os. Ain­da as­sim, é im­pro­vá­vel que haja uma da­ta fi­nal cla­ra pa­ra os ris­cos de con­tá­gio de um ví­rus fa­cil­men­te trans­mis­sí­vel.

VA­CI­NA­ÇÃO

Nos Es­ta­dos Uni­dos, mais de 63,1 mi­lhões de pes­so­as já re­ce­be­ram as va­ci­nas au­to­ri­za­das até ago­ra (Pfi­zer/ Bi­oNTe­ch e Mo­der­na), das quais 18,8 mi­lhões já re­ce­be­ram as du­as do­ses exi­gi­das, se­gun­do da­dos do CDC, cen­tro fe­de­ral de vi­gi­lân­cia de saú­de pú­bli­ca.

O país ain­da po­de ter uma ter­cei­ra vacina li­cen­ci­a­da até o fi­nal da se­ma­na, a da John­son & John­son, so­bre a qual um co­mi­tê de­ve emi­tir um pa­re­cer con­sul­ti­vo na sex­ta-fei­ra.

 ??  ?? LU­TO Hou­ve uma so­le­ni­da­de na Ca­sa Bran­ca em ho­me­na­gem aos mor­tos
LU­TO Hou­ve uma so­le­ni­da­de na Ca­sa Bran­ca em ho­me­na­gem aos mor­tos

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil