Jornal do Commercio

Es­tá­tua de Ros­si de no­vo lim­pa

Equi­pe da Em­lurb re­a­li­zou ontem a lim­pe­za da es­cul­tu­ra, inau­gu­ra­da no dia 02

- Arts · Albuquerque · Clarice Lispector · William Welch · Mauritius · Netherlands · Beira · Luiz Gonzaga · John Maurice, Prince of Nassau-Siegen · Naná Vasconcelos

Pre­fei­tu­ra do Re­ci­fe re­mo­ve pi­cha­ções da ho­me­na­gem, no Pá­tio de San­ta Cruz.

Um dia após a es­tá­tua do can­tor e com­po­si­tor Reginaldo Ros­si ser al­vo de van­da­lis­mo, uma equi­pe da Au­tar­quia de Ma­nu­ten­ção e Lim­pe­za Ur­ba­na do Re­ci­fe (Em­lurb) es­te­ve no lo­cal pa­ra re­a­li­zar a lim­pe­za. No do­min­go, itens que com­põem a es­cul­tu­ra, que fi­ca no Pá­tio de San­ta Cruz, na área cen­tral do Re­ci­fe, fo­ram pi­cha­dos. Ontem à tar­de, qu­em pas­sou pe­lo lo­cal já en­con­trou a es­tá­tua lim­pa.

Reginaldo Ros­si foi a 18ª per­so­na­li­da­de per­nam­bu­ca­na ho­me­na­ge­a­da com uma obra, in­te­gran­do o Cir­cui­to da Po­e­sia. A inau­gu­ra­ção foi no úl­ti­mo dia 02. Mas a so­ma do des­res­pei­to pe­la cul­tu­ra com ine­fi­ca­zes ações de fis­ca­li­za­ção fez com que a es­tá­tua, as­sim co­mo tan­tas ou­tras na ca­pi­tal per­nam­bu­ca­na, fos­se van­da­li­za­da.

De acor­do com a Pre­fei­tu­ra do Re­ci­fe, anu­al­men­te são gas­tos, em mé­dia, R$ 2 mi­lhões por cau­sa de da­nos cau­sa­dos por pi­cha­ções e van­da­lis­mo. O va­lor po­de­ria ser in­ves­ti­do, por exem­plo, na cons­tru­ção de cre­ches e upi­nhas.

A es­cul­tu­ra, que mos­tra o can­tor em uma me­sa de bar, ob­je­to eter­ni­za­do em uma de su­as mú­si­cas de mai­or su­ces­so, “Gar­çom”, te­ve um in­ves­ti­men­to de R$ 35 mil e foi ela­bo­ra­da pe­lo ar­tis­ta De­mé­trio Al­bu­quer­que.

Ros­si, mor­to aos 69 anos, ví­ti­ma de câncer de pul­mão em 2013, fi­cou co­nhe­ci­do por “Rei do Bre­ga” de­vi­do a su­as po­pu­la­res can­ções que fa­lam de amor e trai­ções. Em contrapart­ida, tam­bém can­tou mú­si­cas enal­te­cen­do o Es­ta­do e sua ca­pi­tal, Re­ci­fe, elen­can­do as be­le­zas na­tu­rais da re­gião. Em 2020 foi de­cla­ra­do Pa­tro­no do Bre­ga.

CIR­CUI­TO

Com­pos­to por car­tões pos­tais, o Cir­cui­to da Po­e­sia enaltece e re­ve­ren­cia ou­tros 17 no­mes li­ga­dos à ar­te da ca­pi­tal. São eles: Ma­no­el Ban­dei­ra (Rua da Au­ro­ra); João Ca­bral de Me­lo Ne­to (Rua da Au­ro­ra); Ca­pi­ba (Rua do Sol); Car­los Pe­na Fi­lho (Pra­ça do Diá­rio); Cla­ri­ce Lis­pec­tor (Pra­ça Ma­ci­el Pinheiro); Antô­nio Ma­ria (Rua do Bom Je­sus); As­cen­so Fer­rei­ra (Cais da Al­fân­de­ga); Chi­co Sci­en­ce (Rua da Mo­e­da); So­la­no Trin­da­de (Pá­tio de São Pe­dro); Luiz Gon­za­ga (Pra­ça Mauá); Má­rio Mo­ta (Pá­tio do Se­bo), Jo­a­quim Cardozo (Pon­te Maurício de Nas­sau), Ari­a­no Su­as­su­sa (Rua da Au­ro­ra); Al­ber­to da Cu­nha Me­lo (Par­que 13 de Maio), Ce­li­na de Ho­lan­da (Ave­ni­da Bei­ra Rio), Li­ê­do Ma­ra­nhão (Pra­ça Dom Vi­tal) e Na­ná Vas­con­ce­los (Mar­co Ze­ro).

 ??  ??
 ??  ?? IN­VES­TI­MEN­TO Fo­ram gas­tos R$ 35 mil com obra que homenageia can­tor
IN­VES­TI­MEN­TO Fo­ram gas­tos R$ 35 mil com obra que homenageia can­tor

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil