Adeus, Rio.

Jornaldodia - - GERAL -

Sob chu­va e dis­cur­sos elo­gi­o­sos, os Jo­gos Olím­pi­cos do Rio-2016 en­cer­ra­ram­se on­tem — com uma ce­rimô­nia me­nos exu­be­ran­te que a da aber­tu­ra. Car­los Arthur Nuz­man, pre­si­den­te do Co­mi­tê Olím­pi­co Bra­si­lei­ro (COB), agra­de­ceu ao mun­do e dis­se que o even­to foi um de­sa­fio re­a­li­za­do com su­ces­so. Tho­mas Ba­ch, pre­si­den­te do Co­mi­tê Olím­pi­co In­ter­na­ci­o­nal (COI), elo­gi­ou os Jo­gos e os bra­si­lei­ros: “Che­ga­mos co­mo hós­pe­des, va­mos em­bo­ra co­mo ami­gos”. A fes­ta se en­cer­rou com um gran­de car­na­val no Ma­ra­ca­nã. do pre­miê Shin­zo Abe. Após pro­je­ção que pas­sou por pon­tos tu­rís­ti­cos de Tó­quio, ele sur­giu de um ca­no ver­de no meio do cam­po, usan­do o cha­péu de Su­per Má­rio, as­tro do vi­de­o­ga­me da Nin­ten­do. O hi­no do Ja­pão foi to­ca­do en­quan­to uma ban­dei­ra gi­gan­te do país era pro­je­ta­da no chão do Ma­ra­ca­nã. O pre­fei­to do Rio, Edu­ar­do Pa­es, pas­sou a ban­dei­ra pa­ra a go­ver­na­do­ra de Tó­quio, Yu­ri­ko Koi­ke.

Bra­sil, 13º lu­gar no qua­dro de me­da­lhas.

Com 7 me­da­lhas de ou­ro, 6 de pra­ta e 6 de bron­ze — 19 no to­tal —, o Bra­sil en­cer­rou sua par­ti­ci­pa­ção nos Jo­gos Olím­pi­cos Rio-2016 em 13º lu­gar, me­lhor de­sem­pe­nho de sua his­to­ria. Em Lon­dres, con­se­gui­ra 17 me­da­lhas. Em­bo­ra te­nha me­lho­ra­do, não atin­giu o ob­je­ti­vo do Co­mi­tê Olím­pi­co Bra­si­lei­ro (COB), de 27 a 28 me­da­lhas, en­tre os 10 mais bem co­lo­ca­dos. No qua­dro ge­ral, os EUA fi­ca­ram em 1º, com 121 me­da­lhas, 46 de ou­ro. A GrãB­re­ta­nha te­ve 67 me­da­lhas, 27 de ou­ro. E a Chi­na, 70 me­da­lhas, 26 de ou­ro.

Vô­lei se des­pe­de com ou­ro no úl­ti­mo dia

Di­an­te de um Ma­ra­ca­nã­zi­nho lo­ta­do, a se­le­ção bra­si­lei­ra mas­cu­li­na de vô­lei ga­ran­tiu o úl­ti­mo ou­ro do Bra­sil, que ven­ceu a Itá­lia por 3 a 0 — 25/22, 28/26 e 26/24. Com is­so ga­nhou o tri­cam­pe­o­na­to olím­pi­co, re­pe­tin­do Bar­ce­lo­na-1992 e de Ate­nas-2004. Em Pe­quim-2008 e Lon­dres2012, os bra­si­lei­ros fi­ca­ram com pra­ta. O ou­ro de on­tem foi dis­pu­ta­do pon­to a pon­to. On­tem, ain­da, o bas­que­te dos EUA ven­ceu a Sér­via e fi­cou com ou­ro. Na úl­ti­ma dis­pu­ta, da Ma­ra­to­na, Eliud Kip­cho­ge, do Quê­nia, ven­ceu com 2h08­min44­seg — não hou­ve bra­si­lei­ros no pó­dio.

O Bra­sil foi bem, mas não al­can­çou o ob­je­ti­vo do COB.

Ser­ra Ca­ta­ri­nen­se: ho­téis lo­ta­dos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.