Es­tran­gei­ros sa­em, Bol­sa cai.

Jornaldodia - - NEGÓCIOS -

À es­pe­ra pe­lo im­pe­a­ch­ment de Dil­ma e por cau­sa da re­du­ção de ne­gó­ci­os de­vi­do às fé­ri­as no He­mis­fé­rio Nor­te, os in­ves­ti­do­res es­tran­gei­ros vêm dei­xan­do o mer­ca­do. Foi es­sa de­ban­da­da, R$ 1,5 bi­lhão nes­te mês até dia 22ago16, que fez a Bol­sa de S Pau­lo cair 0,52% on­tem, pa­ra 57.718 pon­tos, se­gun­do ana­lis­tas. No mer­ca­do de câm­bio, o dó­lar fe­chou em bai­xa­an­te o re­al. As mo­e­das la­ti­no-ame­ri­ca­nas ti­ve­ram um bom dia, be­ne­fi­ci­a­das pe­la com­bi­na­ção de ju­ro al­to e pers­pec­ti­vas po­lí­ti­cas e econô­mi­cas. No fe­cha­men­to, o dó­lar co­mer­ci­al caiu 0,32%, a R$ 3,2224.

Mer­ce­des dá R$ 100 mil pa­ra quem acei­tar PDV

Pa­ra re­du­zir cus­tos, a Mer­ce­des-Benz fez um acor­do com seus tra­ba­lha­do­res com gran­des van­ta­gens pa­ra quem ade­rir ao pro­gra­ma de de­mis­sões vo­lun­tá­ri­as (PDV). A pro­pos­ta foi apro­va­da em as­sem­bleia. Há pe­lo me­nos 2,67 mil tra­ba­lha­do­res so­bran­do. A Mer­ce­des ofe­re­ceu além das van­ta­gens ha­bi­tu­ais um va­lor úni­co de R$ 100 mil, in­de­pen­den­te do tem­po de­ca­sa, ida­de ou se­tor. Quem fi­ca te­rá es­ta­bi­li­da­de até dez2017, mas te­rá de acei­tar con­ge­la­men­to de re­a­jus­tes sa­la­ri­ais.

Ho­pi Ha­ri pe­de re­cu­pe­ra­ção

Com uma dí­vi­da de R$ 330 mi­lhões, o par­que de di­ver­sões Ho­pi Ha­ri, em Vi­nhe­do SP, pe­diu on­tem re­cu­pe­ra­ção ju­di­ci­al à 2ª Va­ra da Jus­ti­ça do mu­ni­cí­pio. Pe­lo me­nos 50% da dí­vi­da é com o BNDES, se­gun­do o ad­vo­ga­do da em­pre­sa, Dal­tro Bor­ges. Sem a re­cu­pe­ra­ção, o Ho­pi Ha­ri não te­ria mais aces­so a li­nhas de cré­di­to e te­ria de de­cre­tar fa­lên­cia. Nes­te mês, os fun­ci­o­ná­ri­os fi­ze­ram gre­ve por fal­ta de pa­ga­men­to em du­as oca­siões. O par­que es­tá fe­cha­do pa­ra a pre­pa­ra­ção da “Ho­ra do Horror”; a pre­vi­são de re­a­ber­tu­ra é no dia 07set16.

Me­ta­de dos ina­dim­plen­tes não tem co­mo pa­gar dí­vi­das

Se de­ve­do­res ina­dim­plen­tes ti­ves­sem de pa­gar su­as dí­vi­das em três me­ses, qua­se me­ta­de — 46% — não te­ri­am co­mo fa­zê-lo. O Per­fil do Ina­dim­plen­te Bra­si­lei­ro, di­vul­ga­do on­tem pe­lo Ser­vi­ço de Pro­te­ção ao Cré­di­to (SPC) e pe­la Con­fe­de­ra­ção Na­ci­o­nal de Di­ri­gen­tes Lo­jis­tas (CNDL) mos­trou ain­da que a per­da do em­pre­go é a prin­ci­pal ra­zão pa­ra as dí­vi­das, in­di­ca­da por 28,2% dos con­su­mi­do­res. A mai­o­ria dos de­ve­do­res dei­xou de pa­gar par­ce­las de em­prés­ti­mos ban­cá­ri­os ou com fi­nan­cei­ras (89,6%), pres­ta­ções de car­tões de lo­ja (83,6%), dí­vi­das no car­tão de cré­di­to (74,9%) e con­tas no cre­diá­rio (68,7%).

Wi-Fi pa­ra não­cli­en­tes da Oi

Es­tá li­be­ra­do o aces­so à re­de Wi-Fi da Oi por cli­en­tes de to­das as ope­ra­do­ras — gra­tui­ta­men­te. Ao to­do, 2 mi­lhões de pos­tos de in­ter­net sem fio da Oi no País ofe­re­ce­rão o ser­vi­ço, in­for­mou a com­pa­nhia, mas só pa­ra smartpho­nes An­droid. Os usuá­ri­os de­vem bai­xar o apli­ca­ti­vo Oi WiFi no Go­o­gle Play, pa­ra ver os pon­tos dis­po­ní­veis — ae­ro­por­tos, shop­pings, es­tá­di­os e re­des de fast fo­od.

Ho­pi Ha­ri, em Vi­nhe­do SP: dí­vi­da de R$ 330 mi­lhões.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.