Colômbia or­de­na ces­sar-fo­go con­tra as Farc

Jornaldodia - - INTERNACIONAL -

O pre­si­den­te da Colômbia, Ju­an Ma­nu­el San­tos, or­de­nou on­tem ao Exér­ci­to um ces­sar­fo­go de­fi­ni­ti­vo com a guer­ri­lha For­ças Ar­ma­das Re­vo­lu­ci­o­ná­ri­as da Colômbia (Farc), a par­tir da pró­xi­ma 2a-feira. O anún­cio veio um dia de­pois do his­tó­ri­co acor­do de paz que en­cer­rou 50 anos de con­fli­to. No pro­nun­ci­a­men­to que fez na es­ca­da­ria do Con­gres­so, no Cen­tro de Bo­go­tá, San­tos dis­se que en­tre­ga­va ao pre­si­den­te do Le­gis­la­ti­vo, Mau­ri­cio Liz­ca­no, os tex­tos de­fi­ni­ti­vos do acor­do. Pa­ra ser apro­va­do, em re­fe­ren­do mar­ca­do pa­ra 02out16, o acor­do de­ve re­ce­ber ao me­nos 4,4 mi­lhões de vo­tos a fa­vor (13% do elei­to­ra­do). E es­se nú­me­ro não po­de ser su­pe­ra­do pe­los vo­tos “não” — há a pos­si­bi­li­da­de de vo­tar em branco. “Es­ta­mos en­tre­gan­do ao po­vo a úl­ti­ma pa­la­vra”, dis­se San­tos. Se­rão eles a di­zer: “Sim, que­re­mos a paz”.

Bo­lí­via: go­ver­no diz que mi­nei­ros ma­ta­ram vi­ce­mi­nis­tro.

O vi­ce-mi­nis­tro do In­te­ri­or da Bo­lí­via, Ro­dol­fo Il­la­nes, foi se­ques­tra­do e mor­to por co­o­pe­ra­ti­vis­tas mi­nei­ros, on­tem, na re­gião de Pan­du­ro, no Cen­tro-Oes­te do país. Ele ti­nha ido à re­gião pa­ra di­a­lo­gar com os ma­ni­fes­tan­tes que há três di­as blo­quei­am es­tra­das em pro­tes­to pe­la pri­são de dez co­le­gas e mor­te de dois pe­la po­lí­cia. Ho­ras an­tes, Il­la­nes fa­lou a uma rá­dio lo­cal, di­zen­do que não so­fre­ra maus tra­tos. Mais tar­de, ou­tra rá­dio no­ti­ci­ou que ele te­ria si­do mor­to a pau­la­das, o que o go­ver­no con­fir­mou.

Re­pres­so­res ar­gen­ti­nos con­de­na­dos a pri­são per­pé­tua

Por cri­mes co­me­ti­dos du­ran­te a di­ta­du­ra, um tri­bu­nal ar­gen­ti­no con­de­nou on­tem 28 pes­so­as à pri­são per­pé­tua. No pro­ces­so fo­ram im­pu­ta­das 43 pes­so­as por se­ques­tros, tor­tu­ras, rou­bo de me­no­res e as­sas­si­na­tos con­tra mais de 700 ví­ti­mas. Dez acu­sa­dos re­ce­be­ram pe­nas en­tre dois e 21 anos de pri­são e cin­co fo­ram ab­sol­vi­dos. En­tre os con­de­na­dos, o ex-ge­ne­ral Lu­ci­a­no Me­nén­dez, 89 anos, é o que re­ce­beu o mai­or nú­me­ro de sentenças.

Ré­pli­cas do terremoto di­fi­cul­tam resgates na Itália

Tra­ba­lhos de bus­ca de so­bre­vi­ven­tes após o terremoto que atin­giu o Cen­tro da Itália na 4a-feira, es­tão sen­do pre­ju­di­ca­do por cen­te­nas de no­vos tre­mo­res. Um de­les atin­giu on­tem 4,3 graus, obri­gan­do as equi­pes de res­ga­te a aban­do­nar os es­com­bros. Até ago­ra, o nú­me­ro de mor­tos che­ga a 250. “Va­mos tra­ba­lhar até a úl­ti­ma pes­soa ser en­con­tra­da, e ga­ran­tir­mos que nin­guém es­tá pre­so”, dis­se Lo­ren­zo Bot­ti, um por­ta-voz da equi­pe de res­ga­te.

On­ze cri­an­ças mor­tas em bom­bar­deio na Sí­ria

Bom­bar­deio com bar­ris ex­plo­si­vos, ocor­ri­do on­tem na ci­da­de sí­ria de Alep­po, cau­sou a mor­te de 11 cri­an­ças e qua­tro mu­lhe­res. Se­gun­do a ONG Ob­ser­va­tó­rio Sí­rio de Di­rei­tos Hu­ma­nos, bar­ris ex­plo­si­vos fo­ram lan­ça­dos por he­li­cóp­te­ros das for­ças do re­gi­me de Bashar al-As­sad so­bre o bair­ro de Bab al-Nai­rab, no Sul da ci­da­de, atin­gin­do nu­me­ro­sas ca­sas. “Du­as mu­lhe­res e seis cri­an­ças eram da mes­ma fa­mí­lia”, afir­mou a ONG.

O acor­do com as Farc na Colômbia vai a re­fe­ren­do po­pu­lar

Mi­nis­tro Ro­dol­fo Il­la­nes: se­ques­tra­do e mor­to por co­o­pe­ra­ti­vis­tas mi­nei­ros na Bo­lí­via.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.