Im­pe­a­ch­ment: vo­ta­ção fi­nal, ho­je, 11h.

Jornaldodia - - POLÍTICA -

An­tes de se en­cer­rar a ses­são no Se­na­do, o presidente do Su­pre­mo, Ri­car­do Lewan­dows­ki, que co­man­da os tra­ba­lhos, de­fi­niu que a vo­ta­ção so­bre o im­pe­a­ch­ment da presidente afas­ta­da Dil­ma Rous­seff co­me­ça ho­je, às 11h. A de­ci­são de­veu-se à pre­vi­são do fim dos dis­cur­sos, por vol­ta de 3h des­ta ma­dru­ga­da. Lula e Dil­ma fi­ze­ram úl­ti­ma in­ves­ti­da por vo­tos. Mas le­van­ta­men­tos de jor­nais in­di­cam que já há mais do que os 54 vo­tos ne­ces­sá­ri­os con­tra Dil­ma. On­tem, hou­ve no­vos pro­tes­tos con­tra o im­pe­a­ch­ment, es­pe­ci­al­men­te em São Pau­lo. Ali­a­dos de Dil­ma dis­se­ram que ela já pre­pa­ra re­cur­so no Su­pre­mo con­tra o pos­sí­vel re­sul­ta­do.

Ja­naí­na e Car­do­so: ses­sões de cho­ro.

Acu­sa­ção e de­fe­sa re­cor­re­ram ao cho­ro, on­tem, para sen­si­bi­li­zar os se­na­do­res. Pe­la acu­sa­ção, Ja­naí­na Pas­cho­al, uma das au­to­ras do pe­di­do de im­pe­a­ch­ment, chorou por ter “cau­sa­do so­fri­men­to” à presidente afas­ta­da. “Pe­ço que ela um dia en­ten­da que eu fiz is­so tam­bém pen­san­do nos ne­tos de­la”, afir­mou a ad­vo­ga­da. Do la­do da de­fe­sa, em se­gui­da, o ex­mi­nis­tro Jo­sé Edu­ar­do Car­do­zo chorou ao cri­ti­car a fa­la de Ja­naí­na: “Achei pro­fun­da­men­te in­jus­ta a men­ção aos ne­tos”, dis­se ele. Fer­nan­do Col­lor: Te­mer fa­rá ju­ra­men­to a Cons­ti­tui­ção em ses­são do Con­gres­so.

Vi­ce de Ja­not, pró-Dil­ma, dei­xa o car­go.

Fla­gra­da em ví­deo du­ran­te ato con­tra o im­pe­a­ch­ment em Por­tu­gal, a vi­ce-pro­cu­ra­do­ra-ge­ral da Re­pú­bli­ca, Ela Wi­ec­ko, pe­diu exo­ne­ra­ção. O ato ocor­reu em ju­nho. Na oca­sião, ela aju­dou a se­gu­rar fai­xa em que es­ta­va es­cri­to “Fo­ra Te­mer” e “Con­tra o Cer­to da vi­tó­ria con­tra Dil­ma, gol­pe”. O ví­deo foi pu­bli­ca­do o presidente in­te­ri­no Mi­chel em 28jun16 pe­la TVT, Te­mer já mar­cou reu­nião mi­nis­te­ri­al man­ti­da pe­lo Sindicato dos para ama­nhã. E em­bar­ca Me­ta­lúr­gi­cos do ABC e pe­lo lo­go de­pois, 17h, para a Sindicato dos Ban­cá­ri­os de Chi­na, on­de de­ve che­gar no São Pau­lo Re­gião. Quem iden­ti­fi­cou dia se­guin­te, para par­ti­ci­par da Ela foi a re­vis­ta Ve­ja. reu­nião do G20 em

Hangzhou. A pos­se de Te­mer, ca­so o im­pe­a­ch­ment se­ja con­fir­ma­do, de­ve re­pe­tir a ce­rimô­nia de 1992, qu­an­do Ita­mar

Fran­co as­su­miu no lu­gar de

Te­mer já con­ta com a pos­se Re­cei­ta no­ti­fi­ca Ins­ti­tu­to Lula

No­ti­fi­ca­ção da Re­cei­ta foi en­vi­a­da on­tem ao Ins­ti­tu­to Lula, para pe­dir es­cla­re­ci­men­tos em ação de su­pos­to ‘des­vio de fi­na­li­da­de’. O Ins­ti­tu­to te­ria re­pas­sa­do R$ 1,3 mi­lhão à G4 En­tre­te­ni­men­to, cu­jos só­ci­os são Fá­bio Luís, fi­lho de Lula, e Fer­nan­do Bit­tar, do­no for­mal do sí­tio em Ati­baia SP — al­vo da Lava Jato. A Re­cei­ta apon­tou ain­da gas­tos pes­so­ais do ex-presidente Lula e de sua mu­lher, Ma­ri­sa Le­tí­cia. Se­gun­do re­la­tó­rio do Fis­co, o Ins­ti­tu­to é ‘me­ro es­cri­tó­rio de ad­mi­nis­tra­ção de in­te­res­ses do ex-presidente”. Ao me­nos tem­po­ra­ri­a­men­te, a Re­cei­ta sus­pen­deu a isen­ção tri­bu­tá­ria do Ins­ti­tu­to.

Se Dil­ma ga­nhar, Te­mer te­rá de me­xer mui­to a sua agen­da.

Ela Wi­ec­ko (no cír­cu­lo, de ócu­los) du­ran­te ma­ni­fes­ta­ção em Lis­boa: in­com­pa­tí­vel com o car­go.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.