Colôm­bia: Se­na­do apro­va no­vo acor­do de paz.

Jornaldodia - - INTERNACIONAL -

O Se­na­do da Colôm­bia apro­vou na ma­dru­ga­da de on­tem, o no­vo acor­do de paz en­tre o go­ver­no do pre­si­den­te Ju­an Ma­nu­el San­tos e a guer­ri­lha For­ças Ar­ma­das Re­vo­lu­ci­o­ná­ri­as da Colôm­bia (Farc). Foi o pri­mei­ro pas­so pa­ra im­ple­men­tar o pac­to que ten­ta aca­bar com uma guer­ra ci­vil ini­ci­a­da há mais de cin­co dé­ca­das. Os se­na­do­res apro­va­ram o acor­do por una­ni­mi­da­de dos par­la­men­ta­res pre­sen­tes — e sob gri­tos de “vi­va a paz” — mas sem pre­sen­ça de se­na­do­res da opo­si­ção, con­trá­ri­os ao acer­to, e que dei­xa­ram o ple­ná­rio mo­men­tos an­tes da vo­ta­ção. On­tem, o tex­to já co­me­çou a ser ana­li­sa­do na Câ­ma­ra.

Cin­zas de Fi­del a ca­mi­nho de San­ti­a­go de Cu­ba

A úl­ti­ma vi­a­gem de Fi­del Cas­tro por seu país co­me­ça hoje: su­as cin­zas sa­em de Ha­va­na em di­re­ção a San­ti­a­go de Cu­ba, con­si­de­ra­da o ber­ço da re­vo­lu­ção e on­de es­tá o tú­mu­lo do lí­der. A vi­a­gem de qua­se mil quilô­me­tros, atra­ves­san­do o país, vai du­rar qua­tro di­as — no sen­ti­do in­ver­so ao ca­mi­nho fei­to pe­la “ca­ra­va­na da li­ber­da­de” li­de­ra­da por Fi­del Cas­tro quan­do da vi­tó­ria da guer­ri­lha, em 1959. A ur­na de ce­dro, co­ber­ta pe­la ban­dei­ra cu­ba­na e sob uma cú­pu­la de vi­dro, se­gue em ca­ra­va­na mi­li­tar.

Trump vai dei­xar co­man­do de su­as em­pre­sas

O mag­na­ta Do­nald Trump já de­ci­diu: vai pas­sar o co­man­do de su­as em­pre­sas pa­ra um dos fi­lhos an­tes de as­su­mir a pre­si­dên­cia dos EUA. Com is­so ele dis­se que­rer evi­tar o ris­co de con­fli­to de in­te­res­ses du­ran­te o man­da­to pre­si­den­ci­al pa­ra o qual foi elei­to. Trump anun­ci­a­rá a pas­sa­gem de co­man­do da Trump Or­ga­ni­za­ti­on em con­fe­rên­cia de im­pren­sa no pró­xi­mo dia 15dez. Com um dis­cur­so que pri­o­ri­za a eco­no­mia e o cres­ci­men­to, Trump es­co­lheu dois no­mes de Wall Stre­et pa­ra a ad­mi­nis­tra­ção: o in­ves­ti­dor Wil­bur Ross co­man­da­rá a pas­ta do Co­mér­cio, e o ex-ban­quei­ro da Gold­man Sa­chs, Ste­ven Mnu­chin, o Te­sou­ro.

Síria: com­ba­tes se in­ten­si­fi­cam em Alep­po.

Cer­ca de 20 mil pes­so­as fu­gi­ram da zo­na Les­te da ci­da­de síria de Alep­po des­de do­min­go, 27nov16, in­for­mou a Cruz Ver­me­lha. Gran­de par­te era de mu­lhe­res e cri­an­ças. Os re­bel­des, que lu­tam contra o go­ver­no de Bashar alAs­sad, dis­se­ram que não vão se ren­der. Nos úl­ti­mos di­as, dois ter­ços da zo­na Les­te fo­ram re­con­quis­ta­dos pe­lo Exér­ci­to. Os bom­bar­dei­os de on­tem pro­vo­ca­ram 45 mor­tes. Diz a ONG Ob­ser­va­tó­rio Sí­rio dos Di­rei­tos Hu­ma­nos que os mi­li­ta­res de­ti­ve­ram cen­te­nas de sus­pei­tos de se­rem re­bel­des.

No­va san­ções da ONU contra a Co­reia do Nor­te

Os 15 paí­ses mem­bros do Con­se­lho de Se­gu­ran­ça das Na­ções Uni­das con­cor­da­ram em im­por mais san­ções à Co­reia do Nor­te, em re­pre­sá­lia aos tes­tes nucleares que Pyongyang vem fa­zen­do. Após di­fí­ceis ne­go­ci­a­ções com a Chi­na, fi­cou de­ci­di­do li­mi­tar — a 7,5 mi­lhões de to­ne­la­das anu­ais — a com­pra de car­vão nor­te-co­re­a­no, do qual Pe­quim é pra­ti­ca­men­te o úni­co im­por­ta­dor. A re­du­ção re­pre­sen­ta­rá uma re­du­ção de 62%, em com­pa­ra­ção ao ano an­te­ri­or.

Des­de do­min­go, 20 mil fu­gi­ram de Alep­po.

Se­na­do da Colôm­bia: acor­do com Farc apro­va­do por una­ni­mi­da­de — mas sem a opo­si­ção, que se re­ti­rou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.