Re­nan vi­ra réu no Su­pre­mo, por pe­cu­la­to.

Jornaldodia - - POLÍTICA -

Por 8 vo­tos a 3, o Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) acei­tou de­nún­cia de cri­me de pe­cu­la­to (des­vi­os de bens pú­bli­cos) con­tra o pre­si­den­te do Se­na­do, Re­nan Ca­lhei­ros (PMDBAL). As­sim, ele vi­rou réu pe­la pri­mei­ra vez — Ca­lhei­ros tem 12 pro­ces­sos em an­da­men­to. De acor­do com a acu­sa­ção, o se­na­dor te­ve des­pe­sas pes­so­ais pa­gas pe­la cons­tru­to­ra Men­des Ju­ni­or. Se­gun­do as in­ves­ti­ga­ções, a em­prei­tei­ra pa­gou pen­são ali­men­tí­cia à jor­na­lis­ta Mô­ni­ca Ve­lo­so, com quem o par­la­men­tar tem uma fi­lha. O se­na­dor dis­se não ha­ver pro­vas con­tra ele, ape­nas su­po­si­ções.

Te­mer re­co­nhe­ce ins­ta­bi­li­da­de com o pa­co­te an­ti­cor­rup­ção

Em dis­cur­so a in­ves­ti­do­res em São Pau­lo, on­tem, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer con­si­de­rou “na­tu­ral” a que­da de bra­ço en­tre Con­gres­so e in­ves­ti­ga­do­res da La­va-Ja­to. Mas re­co­nhe­ceu que os fa­tos cri­am “cer­ta ins­ta­bi­li­da­de”. Em meio a cli­ma po­lí­ti­co con­fla­gra­do, o pre­si­den­te dis­se que Le­gis­la­ti­vo e Exe­cu­ti­vo “pre­ci­sam pres­tar aten­ção à opi­nião pú­bli­ca” e pe­diu pa­ci­fi­ca­ção. Na vo­ta­ção do pa­co­te an­ti­cor­rup­ção na Câ­ma­ra, PMDB, PT, PP, PR, PDT, PTB, PSC e PEN fo­ram ofi­ci­al­men­te con­tra o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co em to­dos os des­ta­ques im­por­tan­tes.

Abu­so de au­to­ri­da­de: Gil­mar e Mo­ro en­fren­tam-se.

Du­ran­te de­ba­te no Se­na­do so­bre o pro­je­to de lei de abu­so de au­to­ri­da­de e o pa­co­te an­ti­cor­rup­ção, o juiz fe­de­ral Sér­gio Mo­ro e o mi­nis­tro do Su­pre­mo Gil­mar Men­des ba­te­ram de fren­te. Eles di­ver­gi­ram nos dois te­mas. Gil­mar dis­se que é, sim, mo­men­to de vo­tar a lei que pu­ne o abu­so de au­to­ri­da­de e elo­gi­ou a Câ­ma­ra por ter mo­di­fi­ca­do o pa­co­te an­ti­cor­rup­ção. Mo­ro ha­via con­tes­ta­do ser es­te o mo­men­to pa­ra dis­cu­tir o abu­so; e la­men­tou a ati­tu­de da Câ­ma­ra.

Man­ti­da pri­são de Cu­nha

Por de­ci­são do Tri­bu­nal Re­gi­o­nal Fe­de­ral da 4ª Re­gião (TRF-4), foi man­ti­da on­tem a pri­são pre­ven­ti­va do ex-de­pu­ta­do Edu­ar­do Cu­nha e a de­nún­cia con­tra a mu­lher de­le, Cláu­dia Cruz. A de­fe­sa de Cu­nha ar­gu­men­ta­ra que após a cas­sa­ção do man­da­to, o pe­di­do de pri­são não se­ria mais ne­ces­sá­rio e que Cu­nha não ofe­re­ce ris­co à or­dem pú­bli­ca. Em des­pa­cho, o de­sem­bar­ga­dor João Pe­dro Ge­bran Ne­to lem­brou que há re­la­tos de in­ti­mi­da­ção de tes­te­mu­nhas e de ou­tros en­vol­vi­dos, além de uma ação di­re­ta de Cu­nha pa­ra obs­truir os tra­ba­lhos da Co­mis­são de Éti­ca da Câ­ma­ra.

8 mil ser­vi­do­res es­ta­vam no Bol­sa Fa­mí­lia

Le­van­ta­men­to do Mi­nis­té­rio do De­sen­vol­vi­men­to So­ci­al, di­vul­ga­do on­tem, mos­tra que 7.961 ser­vi­do­res pú­bli­cos eram be­ne­fi­ciá­ri­os do Bol­sa Fa­mí­lia. O mi­nis­té­rio cru­zou in­for­ma­ções da ba­se de da­dos dos ser­vi­do­res fe­de­rais, do Sis­te­ma de Re­cur­sos Hu­ma­nos com a fo­lha do Bol­sa Fa­mí­lia. al­guns ca­sos, os fun­ci­o­ná­ri­os de­cla­ra­vam uma ren­da in­fe­ri­or a que ti­nham pa­ra se ade­qua­rem ao ca­das­tro do pro­gra­ma. O mi­nis­té­rio so­li­ci­tou a de­vo­lu­ção dos va­lo­res pa­gos in­de­vi­da­men­te. Ho­je, há 13,5 mi­lhões de fa­mí­li­as no Bol­sa Fa­mí­lia. O va­lor mé­dio do be­ne­fí­cio é de R$ 183,78.

De­sem­bar­ga­dor lem­bra que Cu­nha te­ria in­ti­mi­da­do tes­te­mu­nhas

Ca­lhei­ros (PMDB-AL): de­pois de 12 in­di­ci­a­men­tos, um dos pro­ces­sos o tor­na réu por des­vio de di­nhei­ro.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.