Pro­tes­tos vi­o­len­tos con­tra a PEC dos Gas­tos

Jornaldodia - - POLÍTICA -

Con­tra a apro­va­ção da PEC do Te­to de Gas­tos no Se­na­do [ver ECO­NO­MIA], hou­ve pro­tes­tos vi­o­len­tos, on­tem, em vá­ri­as ca­pi­tais — os mai­o­res, em São Paulo e em Bra­sí­lia. Ma­ni­fes­tan­tes en­tra­ram em con­fron­to com a po­lí­cia: fo­ram que­bra­dos vi­dros da Fi­esp, em S Paulo; e quei­ma­do um ôni­bus em Bra­sí­lia. Nas du­as ca­pi­tais, os ma­ni­fes­tan­tes jo­ga­ram gar­ra­fas e co­que­téis mo­lo­tov. Os po­li­ci­ais re­a­gi­ram com spray de pi­men­ta e gás la­cri­mo­gê­neo. Não há re­gis­tros de fe­ri­dos. Cer­ca de 100 pes­so­as fo­ram de­ti­das.

Te­mer diz que não per­mi­ti­rá pa­ra­li­sa­ção do País

Di­an­te de pro­tes­tos con­tra a PEC dos Gas­tos, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer dis­se que não per­mi­ti­rá que o País fi­que pa­ra­li­sa­do. Não res­pon­deu se co­gi­ta re­nun­ci­ar, co­mo foi su­ge­ri­do. Ro­nal­do Cai­a­do, lí­der do DEM no Se­na­do, de­fen­deu a an­te­ci­pa­ção de elei­ções. No­ta da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral res­pon­deu a Te­mer, di­zen­do que as in­ves­ti­ga­ções não po­dem ser ace­le­ra­das. Te­mer pe­di­ra ce­le­ri­da­de nas in­ves­ti­ga­ções da La­va-Ja­to, de­pois do va­za­men­to de de­la­ção da Ode­bre­cht, que in­clui o pró­prio pre­si­den­te. On­tem, Mar­ce­lo Ode­bre­cht con­fir­mou de­la­ção de um de seus di­re­to­res: Te­mer re­ce­beu cai­xa 2.

Men­des: de­la­ções po­dem ser anu­la­das.

Ci­tan­do va­za­men­tos de de­la­ções pre­mi­a­das — co­mo ocor­reu no ca­so da Ode­bre­cht —, o mi­nis­tro do Su­pre­mo Gil­mar Men­des afir­mou on­tem que é pre­ci­so dis­cu­tir o ca­so “com se­ri­e­da­de”. E não des­car­tou a pos­si­bi­li­da­de de que de­la­ções va­za­das ve­nham a ser anu­la­das. Se aca­ta­da a ideia, o mai­or be­ne­fi­ciá­rio se­ria o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer, que apa­re­ce nas de­la­ções de um di­re­tor da Ode­bre­cht. Ali­a­dos do pre­si­den­te te­mem que a pro­pos­ta de an­te­ci­pa­ção de elei­ções ga­nhe adep­tos. Na tri­bu­na do Se­na­do, o se­na­dor Ja­der Bar­ba­lho (PMDB-PA) dis­se que “es­tá em cur­so um pro­ces­so pa­ra der­ru­bar Te­mer”.

Mu­seu Lu­la na mira da PF

Co­me­çou on­tem a Ope­ra­ção He­fes­ta con­tra su­pos­to es­que­ma de su­per­fa­tu­ra­men­to e des­vio de re­cur­sos pú­bli­cos do Mu­seu do Tra­ba­lho e do Tra­ba­lha­dor em São Ber­nar­do do Cam­po SP. O mu­seu foi ide­a­li­za­do pe­lo pre­fei­to Luiz Ma­ri­nho (PT), pa­ra ho­me­na­ge­ar o ex-pre­si­den­te Lu­la. Or­ça­da ini­ci­al­men­te em R$ 18 mi­lhões, a obra já con­su­miu mais de R$ 21 mi­lhões e ain­da não foi con­cluí­da. O no­me “He­fes­ta” re­me­te ao deus gre­go He­fes­to, do tra­ba­lho e da me­ta­lur­gia. On­tem, ain­da, a 1ª Tur­ma do Su­pre­mo ne­gou pe­di­do de di­rei­to de res­pos­ta do ex-pre­si­den­te Lu­la con­tra a Re­de Glo­bo, no ca­so do trí­plex do Gu­a­ru­já SP.

Ne­nhum po­lí­ti­co apon­ta­do na CPI da Me­ren­da

Re­la­tó­rio da CPI da Me­ren­da foi apro­va­do on­tem na As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va de SP. A Co­mis­são apu­rou pro­pi­na pe­la Co­o­pe­ra­ti­va Or­gâ­ni­ca da Agri­cul­tu­ra Fa­mi­li­ar (Co­af) em con­tra­tos da Se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção des­ti­na­dos à me­ren­da es­co­lar. Fo­ram res­pon­sa­bi­li­za­das 20 pes­so­as — ne­nhum po­lí­ti­co. A úl­ti­ma ses­são da CPI foi mar­ca­da por con­fu­são en­tre es­tu­dan­tes e a Po­lí­cia Mi­li­tar (PM).

Mu­seu Lu­la: sus­pei­tas de des­vio de re­cur­sos pú­bli­cos.

Ja­der Bar­ba­lho (PMDB-PA) na tri­bu­na do Se­na­do: con­tra pos­sí­vel tra­ma pa­ra des­ti­tuir o pre­si­den­te Te­mer.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.