MP do En­si­no Mé­dio não é cons­ti­tu­ci­o­nal

Jornaldodia - - GERAL -

Pa­re­cer en­ca­mi­nha­do on­tem pe­lo pro­cu­ra­dor-ge­ral da Re­pú­bli­ca, Ro­dri­go Ja­not, diz que é in­cons­ti­tu­ci­o­nal a Me­di­da Pro­vi­só­ria da re­for­ma do En­si­no Mé­dio. O pa­re­cer foi da­do em pe­di­do do PSOL con­tra a MP — o par­ti­do é opo­si­tor ao pre­si­den­te Mi­chel Te­mer. “Me­di­da pro­vi­só­ria, por seu pró­prio ri­to abre­vi­a­do, não é ins­tru­men­to pa­ra re­for­mas es­tru­tu­rais em po­lí­ti­cas pú­bli­cas”, es­cre­veu Ja­not. Da­do o pra­zo da MP, de até 120 di­as, Ja­not con­si­de­rou que es­sa pres­são “ini­be de­ba­tes sé­ri­os”.

Do­en­ça mis­te­ri­o­sa na Bahia

Pe­lo me­nos 19 pes­so­as, na Bahia, apre­sen­ta­ram sin­to­mas de uma pos­sí­vel epi­de­mia, de ori­gem des­co­nhe­ci­da. Se­gun­do a Se­cre­ta­ria de Saú­de de Sal­va­dor, es­sas pes­so­as apre­sen­ta­ram for­tes do­res mus­cu­la­res e uri­na tur­va — na ca­pi­tal e no Li­to­ral Nor­te do Es­ta­do. Nin­guém apre­sen­tou fe­bre, sin­to­mas res­pi­ra­tó­ri­os ou gas­troin­tes­ti­nais. O Es­ta­do diz que a do­en­ça não tem tra­ta­men­to es­pe­cí­fi­co e ori­en­ta os mu­ni­cí­pi­os a não usa­rem an­ti-in­fla­ma­tó­ri­os, que po­dem agra­var pro­ble­mas re­nais.

Bra­si­lei­ra en­tre as 10 ci­en­tis­tas mais im­por­tan­tes

Ce­li­na Tur­chi, da Fi­o­cruz Per­nam­bu­co, foi in­cluí­da pe­la re­vis­ta Na­tu­re en­tre os dez ci­en­tis­tas mais im­por­tan­tes des­te ano. Es­pe­ci­a­lis­ta em do­en­ças in­fec­ci­o­sas, Ce­li­na des­co­briu a re­la­ção en­tre mi­cro­ce­fa­lia e o zi­ka ví­rus. “Nem no meu pi­or pe­sa­de­lo eu ima­gi­nei uma epi­de­mia de mi­cro­ce­fa­lia em be­bês”, dis­se ela à re­vis­ta. Ou­tros es­co­lhi­dos fo­ram a ar­gen­ti­na Ga­bri­e­la Gon­zá­lez, por pes­qui­sa ino­va­do­ra so­bre on­das gra­vi­ta­ci­o­nais; e o es­pa­nhol An­gla­da De­fen­di, por ter des­co­ber­to um pla­ne­ta pa­re­ci­do com a Ter­ra pró­xi­mo da es­tre­la Alpha Cen­tau­ri.

R$ 67 mi­lhões pa­ra o cam­peão da Co­pa do Bra­sil

Es­tá re­no­va­do, se­gun­do anun­ci­ou on­tem a Con­fe­de­ra­ção Bra­si­lei­ra de Fu­te­bol (CBF), o con­tra­to pa­ra trans­mis­são da Co­pa do Bra­sil de 2018 a 2022. O con­tra­to tri­pli­ca o va­lor: R$ 300 mi­lhões con­tra R$ 100 mi­lhões. O cam­peão po­de re­ce­ber até R$ 68,7 mi­lhões. O va­lor pa­ra ca­da jo­go che­ga a R$ 2,5 mi­lhões, em mé­dia. Com es­ses nú­me­ros, a Co­pa do Bra­sil pas­sa­rá a ser a prin­ci­pal com­pe­ti­ção de fu­te­bol do País a par­tir de 2018.

Epi­de­mia em Sal­va­dor: do­res mus­cu­la­res e uri­na tur­va.

Ce­li­na Tur­chi, da Fi­o­cruz Per­nam­bu­co: des­co­ber­ta da re­la­ção en­tre mi­cro­ce­fa­lia e o zi­ka ví­rus.

Had­dad, pre­fei­to de SP.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.