Ten­são re­la­xa: dó­lar cai e Bol­sa so­be.

Jornaldodia - - NEGÓCIOS -

Com alí­vio da ten­são po­lí­ti­ca, gra­ças ao cli­ma des­con­traí­do do fim de ano, o dó­lar caiu on­tem pe­lo se­gun­do dia se­gui­do, e a Bol­sa de S Pau­lo fe­chou em al­ta. O dó­lar co­mer­ci­al en­cer­rou a ses­são em qu­e­da de 0,94%, a R$ 3,3425. No mer­ca­do aci­o­ná­rio, de­pois da qu­e­da de 2,19% na ses­são an­te­ri­or, o ín­di­ce Bo­ves­pa ope­rou com vo­la­ti­li­da­de: re­cu­pe­rou-se na re­ta fi­nal do pre­gão e fe­chou em al­ta de 0,83%, a 57.582 pon­tos. Gra­ças às de­cla­ra­ções do pre­si­den­te do Ban­co Cen­tral, Ilan Gold­fajn [ver ECO­NO­MIA], os pa­péis Ci­e­lo ON ti­ve­ram o me­lhor de­sem­pe­nho, on­tem: al­ta de 4,98%.

Ode­bre­cht e Bras­kem: acor­do com EUA e Suí­ça.

Se­rá anun­ci­a­do ho­je, em Washing­ton, EUA, o acor­do de Ode­bre­cht e Bras­kem com EUA e Suí­ça, pa­ra sus­pen­der ações ju­di­ci­ais: ca­da país re­ce­be­rá R$ 700 mi­lhões. A Ode­bre­cht fe­chou acor­dos em três paí­ses nos quais con­fes­sou ter co­me­ti­do cri­mes de vá­ri­as na­tu­re­zas, li­ga­das a es­que­mas de cor­rup­ção (no Bra­sil, EUA e Suí­ça) e pa­ga­rá a mai­or mul­ta da his­tó­ria, de R$ 6,9 bi­lhões. O va­lor cor­res­pon­de a US$ 2,1 bi­lhões quan­do fe­cha­do acor­do de le­ni­ên­cia no Bra­sil, no dia 01dez16.

Pré-sal: no­vo cam­po em pro­du­ção.

Es­tá em pro­du­ção des­de 2afei­ra o Cam­po de La­pa, no pré-sal da Ba­cia de San­tos, se­gun­do co­mu­ni­ca­do en­vi­a­do on­tem pe­la Pe­tro­bras à Co­mis­são de Va­lo­res Mo­bi­liá­ri­os (CVM). É o ter­cei­ro na área, de­pois de Lu­la e Sa­pi­nhoá. O cam­po é ope­ra­do pe­la Pe­tro­bras (45%) em par­ce­ria com a BG E&P Bra­sil (sub­si­diá­ria da Royal Dut­ch Shell, com 30%) e a Rep­sol Si­no­pec Bra­sil (25%). De acor­do com a es­ta­tal, o na­vi­o­pla­ta­for­ma FPSO Ci­da­de de Ca­ra­gua­ta­tu­ba po­de pro­ces­sar 100 mil bar­ris de pe­tró­leo por dia e 5 mi­lhões de m de gás.

Jus­ti­ça man­da Pe­tro­bras sus­pen­der ven­da

Re­cur­so da Pe­tro­bras con­tra li­mi­nar da Jus­ti­ça Fe­de­ral de Ser­gi­pe foi ne­ga­do on­tem. As­sim, a es­ta­tal te­rá de sus­pen­der o pro­ces­so de ven­da dos cam­pos de Baú­na e Tar­ta­ru­ga Ver­de pa­ra o gru­po aus- tra­li­a­no Ka­ro­on Gas — ava­li­a­do em US$ 1,5 bi­lhão. Am­bos os cam­pos es­tão no pós-sal da Ba­cia de San­tos. Em ope­ra­ção des­de 2013, Baú­na pro­duz 45 mil bar­ris diá­ri­os. Já Tar­ta­ru­ga Ver­de es­tá em fa­se de de­sen­vol­vi­men­to. A de­ci­são da 1ª Tur­ma do Tri­bu­nal Re­gi­o­nal Fe­de­ral da 5ª Re­gião (TRF-5) foi to­ma­da no úl­ti­mo dia 15, mas só di­vul­ga­da na noi­te de 2a-fei­ra.

Black­Ber­ry: pre­juí­zo mai­or, 31%.

No 3º tri­mes­tre fis­cal, a ca­na­den­se Black­Ber­ry re­gis­trou pre­juí­zo líquido de US$ 117 mi­lhões — uma pi­o­ra de 31% em re­la­ção ao mes­mo tri­mes­tre de 2015. A re­cei­ta da em­pre­sa caiu a US$ 289 mi­lhões, an­te US$ 548 mi­lhões no mes­mo in­ter­va­lo um ano an­tes. A em­pre­sa ten­ta se re­es­tru­tu­rar no ne­gó­cio de softwa­res, de­pois de ter per­di­do o mer­ca­do de smartpho­nes, ho­je de iPho­ne e An­droid.

FPSO Ci­da­de de Ca­ra­gua­ta­tu­ba: cam­po La­pa do pré-sal.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.