Aju­da fe­de­ral pa­ra ali­vi­ar cri­se pe­ni­ten­ciá­ria

Jornaldodia - - PAGINA DELANTERA -

De­pois dos mas­sa­cres no Ama­zo­nas e em Ro­rai­ma, com um sal­do de 99 mortos, o Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça in­for­mou on­tem que vai au­to­ri­zar en­vio de aju­da fe­de­ral aos Es­ta­dos que en­fren­tam cri­ses no se­tor pe­ni­ten­ciá­rio. Já es­tão cer­tas as aju­das a AM, RO e MT. O mi­nis­té­rio in­for­mou que es­tão pre­vis­tos tam­bém in­ves­ti­men­tos pa­ra mo­der­ni­zar e do­tar as pe­ni­ten­ciá­ri­as de Rondô­nia e Ma­to Gros­so de equi­pa­men­tos de mo­ni­to­ra­men­to e se­gu­ran­ça, con­for­me acordado com os Es­ta­dos.

Co­pom de­fi­ne no­vo ju­ro nes­ta se­ma­na

Ain­da di­vi­di­do, par­te do mer­ca­do aguar­da uma re­du­ção de 0,5 pon­to per­cen­tu­al no ju­ro bá­si­co, na 4a-fei­ra, pe­lo Co­mi­tê de Política Mo­ne­tá­ria (Co­pom). Ou­tra par­te acha que a au­to­ri­da­de mo­ne­tá­ria po­de ser mais agres­si­va e re­du­zir o ju­ro em 0,75 pon­to; o Banco Itaú é um des­ses. Mui­tos dos ana­lis­tas di­zem que o apro­fun­da­men­to dos cor­tes é uma tendência — mas de­pen­de da apro­va­ção da re­for­ma tri­bu­tá­ria, dos in­di­ca­do­res bra­si­lei­ros e dos si­nais do no­vo go­ver­no Do­nald Trump, dos EUA.

Com ICMS, con­tas de telefone mais ca­ras.

Não é au­men­to de ta­ri­fa ou de ser­vi­ços, diz a Agên­cia Na­ci­o­nal de Te­le­co­mu­ni­ca­ções (Ana­tel), so­bre o au­men­to do cus­to da te­le­fo­nia em to­do o País, nes­te iní­cio de ano. É que o Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) de­ter­mi­nou que as em­pre­sas de te­le­fo­nia fi­xa e mó­vel re­co­lham o ICMS so­bre a as­si­na­tu­ra bá­si­ca men­sal. Os va­lo­res va­ri­am com o Es­ta­do e o ti­po de pla­no ofe­re­ci­do pelas ope­ra­do­ras. A ques­tão che­gou ao Su­pre­mo por meio de re­cur­so do go­ver­no do Rio Gran­de do Sul, con­tra de­ci­são da Jus­ti­ça gaú­cha.

Lo­te re­si­du­al de res­ti­tui­ção do Im­pos­to de Ren­da

Es­ta­rá dis­po­ní­vel pa­ra con­sul­ta, ho­je, um lo­te mul­ti­e­xer­cí­cio de res­ti­tui­ção do Im­pos­to de Ren­da Pes­soa Fí­si­ca. Em to­do o País, 4.826 con­tri­buin­tes vão re­ce­ber R$ 9.992,250,45. O lo­te con­tem­pla res­ti­tui­ções re­si­du­ais dos exer­cí­ci­os de 2008 a 2016. O cré­di­to ban­cá­rio pa­ra 177.539 con­tri­buin­tes se­rá re­a­li­za­do no dia 16jan17, to­ta­li­zan­do R$ 370 mi­lhões. Quem qui­ser con­sul­tar sua de­cla­ra­ção de­ve aces­sar a pá­gi­na da Re­cei­ta (http:// idg.re­cei­ta.fa­zen­da.gov.br) ou li­gar pa­ra o Re­cei­ta­fo­ne, 146. Se ain­da hou­ver in­con­sis­tên­ci­as, se­rá pos­sí­vel fa­zer uma de­cla­ra­ção re­ti­fri­ca­do­ra.

Sa­lá­rio mí­ni­mo so­be 50% na Ve­ne­zu­e­la

Nes­te do­min­go, o pre­si­den­te da Ve­ne­zu­e­la, Ni­co­lás Ma­du­ro, anun­ci­ou au­men­to de 50% do sa­lá­rio mí­ni­mo — vai pa­ra 40.638 bo­lí­va­res, US$ 60 no ofi­ci­al, US$ 12 no pa­ra­le­lo. Há ain­da um bô­nus de ali­men­ta­ção de qua­se 64 mil bo­lí­va­res, que não foi re­a­jus­ta­do re­cen­te­men­te. O FMI es­ti­ma a in­fla­ção de 2016 em 475%. E pro­je­ta que a des­te ano che­gue a 1.660%. O país so­fre atu­al­men­te com de­sa­bas­te­ci­men­to, es­cas­sez de pro­du­tos bá­si­cos e uma gra­ve cri­se política.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.