Te­mer: ga­fe em RS; vi­a­gem a Por­tu­gal.

Jornaldodia - - PAGINA DELANTERA -

Em sua pri­mei­ra visita ao RS, on­tem, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer foi al­vo de pro­tes­tos — cen­tra­dos nas re­for­mas tra­ba­lhis­ta e da Previdência, e na PEC do Te­to de Gas­tos. Ele es­te­ve em Es­teio RS pa­ra a en­tre­ga de 340 am­bu­lân­ci­as a mu­ni­cí­pi­os bra­si­lei­ros. Em dis­cur­so, Te­mer co­me­teu ga­fe com a mo­e­da bra­si­lei­ra. “Fi­ze­mos uma so­le­ni­da­de em que foi anun­ci­a­da eco­no­mia de 800 mi­lhões de cru­zei­ros”, dis­se — o cru­zei­ro dei­xou de cir­cu­lar em 1993. À tar­de, Te­mer vi­a­jou pa­ra Lis­boa, pa­ra o fu­ne­ral do ex-pre­si­den­te por­tu­guês Má­rio So­a­res, acom­pa­nha­do pe­lo pre­si­den­te do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), Gil­mar Men­des.

Bri­ga pe­lo co­man­do da Câ­ma­ra

Com o re­trai­men­to do atu­al pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-RJ) — ain­da não con­fir­mou sua can­di­da­tu­ra — , os ou­tros dois can­di­da­tos to­ma­ram os es­pa­ços. Ro­gé­rio Ros­so (PSD-DF), com ca­mi­sa da Chapecoense, lan­çou can­di­da­tu­ra pela in­ter­net. De­fen­deu a re­for­ma da Previdência. Já o lí­der do PTB, Jo­vair Aran­tes (GO) in­ves­tiu em ví­de­os. Em pou­co mais de um mi­nu­to, o lí­der do PTB des­ta­ca que é de­pu­ta­do há 22 anos e diz que a de­ci­são de con­cor­rer ao car­go exi­ge “co­ra­gem” e “ma­tu­ri­da­de”.

550 ser­vi­do­res ex­pul­sos em 2016

Por en­vol­vi­men­to em prá­ti­cas ilí­ci­tas, 550 ser­vi­do­res fo­ram ex­pul­sos do go­ver­no fe­de­ral em 2016, de acor­do com a Con­tro­la­do­ria-Ge­ral da União (CGU). É um recorde de 14 anos. De 2003 a 2016, o go­ver­no já ex­pul­sou 6.209 ser­vi­do­res. As uni­da­des da fe­de­ra­ção com nú­me­ro mais ele­va­do de pu­ni­ções fo­ram Rio (1.096), Dis­tri­to Fe­de­ral (763) e São Pau­lo (667). As pas­tas com a mai­or quan­ti­da­de de es­ta­tu­tá­ri­os ex­pul­sos fo­ram o Mi­nis­té­rio do De­sen­vol­vi­men­to So­ci­al e Agrá­rio (1.558), Edu­ca­ção (1.031) e Jus­ti­ça e Ci­da­da­nia (981).

De­la­ção da Ode­bre­cht im­pli­ca 11 paí­ses

Pe­lo me­nos 11 paí­ses têm ca­sos de pro­pi­nas da cons­tru­to­ra Ode­bre­cht, se­gun­do do­cu­men­tos re­ve­la­dos pe­lo De­par­ta­men­to de Jus­ti­ça dos EUA. Além do Bra­sil, es­tão sob sus­pei­ta go­ver­nos da Amé­ri­ca La­ti­ne Áfri­ca. Ao me­nos cin­co paí­ses já abri­ram in­ves­ti­ga­ções, sob pres­são de en­ti­da­des e de opo­si­to­res: Pe­ru, Ar­gen­ti­na, Equa­dor, Pa­na­má e Re­pú­bli­ca Do­mi­ni­ca­na. Os da­dos atin­gem ex-pre­si­den­tes e pre­si­den­tes, co­mo Cris­ti­na Kir­ch­ner na Ar­gen­ti­na, Ol­lan­ta Hu­ma­la no Pe­ru e Ra­fa­el Cor­rea no Equa­dor.

Alck­min e Do­ria unem re­des de Edu­ca­ção

O go­ver­na­dor de São Pau­lo Ge­ral­do Alck­min e o pre­fei­to da Ca­pi­tal João Do­ria, am­bos do PSDB, fi­ze­ram on­tem uma pri­mei­ra reu­nião con­jun­ta com seus se­cre­tá­ri­os. Os dois anun­ci­a­ram in­te­gra­ção en­tre as re­des es­ta­du­al e mu­ni­ci­pal de Edu­ca­ção, mas não ex­pli­ca­ram o mo­de­lo. Em 2015, o go­ver­no do Es­ta­do ten­tou re­or­ga­ni­zar a re­de de Edu­ca­ção, com o fe­cha­men­to de al­gu­mas es­co­las, o que le­vou a uma sé­rie de ocu­pa­ções. A reu­nião de on­tem, mais po­lí­ti­ca do que exe­cu­ti­va, de­ve se re­pe­tir de três em três me­ses.

Ode­bre­cht im­pli­ca pre­si­den­tes co­mo Cris­ti­na Kir­ch­ner e Ol­lan­ta Hu­ma­la

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.