Frio e ne­ve cau­sam mor­tes na Eu­ro­pa

Jornaldodia - - PAGINA DELANTERA -

Uma on­da de frio po­lar atin­ge a Eu­ro­pa des­de o fi­nal de se­ma­na e já dei­xou, pe­lo me­nos, 37 mor­tos, 20 de­les na Polô­nia. Na fron­tei­ra com a Re­pú­bli­ca Che­ca, há al­dei­as com mais de um me­tro de ne­ve. Na Re­pú­bli­ca Che­ca, on­de os termô­me­tros che­ga­ram a 34 graus ne­ga­ti­vos, pe­lo me­nos seis pes­so­as mor­re­ram ví­ti­mas do frio. Na Bul­gá­ria, as au­to­ri­da­des emi­ti­ram aler­ta ama­re­lo, pois as tem­pe­ra­tu­ras ron­dam os 20 graus ne­ga­ti­vos. Na Ro­mê­nia foi emi­ti­do aler­ta la­ran­ja, quan­do as mí­ni­mas che­ga­ram a 25 graus ne­ga­ti­vos. Na Itá­lia, o frio já cau­sou se­te mor­tes.

Bashar Al-As­sad diz que “gu­er­ra não é so­lu­ção”

O pre­si­den­te sí­rio, Bashar alAs­sad, dis­se em en­tre­vis­ta no fi­nal de se­ma­na que a re­con­quis­ta de Alep­po, em de­zem­bro, co­lo­cou as for­ças go­ver­na­men­tais “no ru­mo da vi­tó­ria”. Na en­tre­vis­ta que deu a emis­so­ras fran­ce­sas (RTL e Fran­ce In­fo e à ca­deia LCP), As­sad su­bli­nhou que só ha­ve­rá vi­tó­ria quan­do fo­rem eli­mi­na­dos “to­dos os ter­ro­ris­tas”. “A gu­er­ra não é uma so­lu­ção, mas a ques­tão é: co­mo li­ber­tar os ci­vis dos bair­ros to­ma­dos pe­los ter­ro­ris­tas? É melhor dei­xá­los sob o seu con­tro­le, com de­ca­pi­ta­ções e exe­cu­ções? As­sad re­al­çou que “im­por­tan­te” é as pes­so­as “fi­ca­rem li­vres do ju­go dos ter­ro­ris­tas”.

Le­gis­la­ti­vo de­cla­ra Ma­du­ro em aban­do­no de car­go

A As­sem­bleia Na­ci­o­nal (AN) ve­ne­zu­e­la­na, de mai­o­ria opo­si­to­ra, exo­ne­rou três de­pu­ta­dos im­pug­na­dos — pa­ra re­gu­la­ri­zar sua si­tu­a­ção le­gal — e, ho­ras de­pois, de­cla­rou o pre­si­den­te Ni­co­lás Ma­du­ro “em aban­do­no de car­go” — fi­gu­ra pa­ra des­cum­pri­men­to de res­pon­sa­bi­li­da­des. A de­ci­são foi to­ma­da um dia an­tes de Ma­du­ro com­ple­tar seu quar­to ano de man­da­to o que, em prin­cí­pio, obri­ga­ria à re­a­li­za­ção de elei­ções pre­si­den­ci­ais an­te­ci­pa­das. Héc­tor Ro­drí­guez, de­pu­ta­do do Par­ti­do So­ci­a­lis­ta Uni­do da Ve­ne­zu­e­la (PSUV), e lí­der da ban­ca­da cha­vis­ta, cha­mou a ação da mai­o­ria opo­si­to­ra de ‘ri­dí­cu­la’.

Trump no­meia gen­ro co­mo as­ses­sor de al­to es­ca­lão

A pos­si­bi­li­da­de de ser acu­sa­do de ne­po­tis­mo não pa­re­ce im­por­tar ao pre­si­den­te eleito dos EUA, Do­nald Trump. Ele aca­ba de anun­ci­ar a es­co­lha do mi­li­o­ná­rio Ja­red Kush­ner, seu gen­ro, pa­ra as­ses­sor de al­to es­ca­lão du­ran­te man­da­to na Ca­sa Bran­ca. “Ja­red tem si­do um ati­vo tre­men­do e um as­ses­sor de con­fi­an­ça atra­vés da cam­pa­nha e da transição, e es­tou or­gu­lho­so por tê-lo em um pa­pel de li­de­ran­ça no meu go­ver­no”, de­cla­rou Trump em co­mu­ni­ca­do.

Ir­lan­da do Nor­te: McGui­ness re­nun­cia.

Em protesto con­tra su­pos­to ca­so de cor­rup­ção en­vol­ven­do a che­fe do go­ver­no da Ir­lan­da do Nor­te, Ar­le­ne Fos­ter, o vi­ce-pre­miê e lí­der do Sinn Fein, o re­pu­bli­ca­no Mar­tin McGui­ness, re­nun­ci­ou e pe­diu no­vas elei­ções. O ca­so co­lo­ca em ris­co o go­ver­no de uni­da­de com os uni­o­nis­tas, fru­to do pro­ces­so de paz. O na­ci­o­na­lis­ta Sinn Fein con­vo­cou Ar­le­ne, do Par­ti­do De­mo­crá­ti­co Uni­o­nis­ta, a se afas­tar tem­po­ra­ri­a­men­te en­quan­to se in­ves­ti­ga.

Trump não se aba­la com acu­sa­ções de ne­po­tis­mo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.