Te­mer e o nú­cleo po­lí­ti­co con­tra de­nún­cia

Jornaldodia - - POLÍTICA -

Di­an­te da de­nún­cia que o pro­cu­ra­dor-ge­ral Ro­dri­go Ja­not de­ve apre­sen­tar es­ta se­ma­na, o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer reu­niu-se on­tem, no Pa­lá­cio da Al­vo­ra­da, com o nú­cleo po­lí­ti­co do go­ver­no pa­ra dis­cu­tir es­tra­té­gi­as. Pe­la lista ofi­ci­al, com­pa­re­ce­ram mi­nis­tros co­mo Tor­qua­to Jar­dim (Jus­ti­ça), Eli­seu Pa­di­lha (Ca­sa Ci­vil), Sér­gio Et­che­goyen (GSI) e o pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia — além do ad­vo­ga­do par­ti­cu­lar do pre­si­den­te, Gus­ta­vo Gu­e­des. Te­mer pre­ci­sa or­ga­ni­zar a ba­se ali­a­da pa­ra ga­ran­tir 172 vo­tos ne­ces­sá­ri­os pa­ra bar­rar a de­nún­cia no Con­gres­so.

Ja­not de­ve de­nun­ci­ar Te­mer por cor­rup­ção

Ho­je ou ama­nhã, o pro­cu­ra­dor-ge­ral da República, Ro­dri­go Ja­not, apre­sen­ta­rá de­nún­cia con­tra o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer jun­to ao Su­pre­mo por cri­me de cor­rup­ção pas­si­va. O pra­zo ter­mi­na ama­nhã. A acu­sa­ção pre­pa­ra­da por Ja­not de­ve­rá se ba­se­ar nas in­ves­ti­ga­ções aber­tas a par­tir das de­la­ções de exe­cu­ti­vos da JBS no âm­bi­to da La­vaJa­to. Além de Te­mer, é al­vo do inqué­ri­to o ex-as­ses­sor do pre­si­den­te e ex-de­pu­ta­do fe­de­ral Ro­dri­go Rocha Lou­res (PMDB-PR), fla­gra­do com uma ma­la com R$ 500 mil.

Men­des:

“Se não vi­e­rem fa­tos no­vos...”

Em en­tre­vis­ta ao SBT, que foi ao ar nes­ta ma­dru­ga­da, o mi­nis­tro do Su­pre­mo Gil­mar Men­des dis­se que o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer con­clui­rá seu man­da­to, em 2018 — “se não vi­e­rem fa­tos no­vos, ro­bus­tos”. Men­des re­fe­re-se às in­ves­ti­ga­ções en­vol­ven­do a de­la­ção do em­pre­sá­rio Jo­es­ley Bas­tis­ta, do­no da JBS, no âm­bi­to da Ope­ra­ção La­va-Ja­to. Men­des afir­mou ain­da que a gra­va­ção de Jo­es­ley no en­con­tro com Te­mer no Pa­lá­cio do Ja­bu­ru de­ve­ria ser uma co­la­bo­ra­ção com a Po­lí­cia Fe­de­ral, mas que “o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co pas­sou a pro­ta­go­ni­zar a in­ves­ti­ga­ção”. “É al­ta­men­te cons­tran­ge­dor. Pa­ra o pro­cu­ra­dor-ge­ral e pa­ra o pró­prio re­la­tor, Fa­chin”, afir­mou Men­des.

Ma­ri­na son­da Cár­men Lú­cia

Pré-can­di­da­ta à Pre­si­dên­cia da República em 2018, a ex-mi­nis­tra Ma­ri­na Sil­va (Re­de) es­ta­ria ten­tan­do con­ven­cer a pre­si­den­te do Su­pre­mo, mi­nis­tra Cár­men Lù­cia a ser sua vi­ce nas elei­ções do ano que vem — de acor­do com in­for­ma­ções da co­lu­na Ra­dar On-li­ne, da re­vis­ta Ve­ja. An­tes, Ma­ri­na te­ria fa­la­do com o ex-mi­nis­tro do STF Jo­a­quim Bar­bo­sa, que apa­ren­te­men­te re­sis­te à idéia de con­cor­rer co­mo can­di­da­to em elei­ções.

PT, a mai­or po­pu­la­ri­da­de.

Pes­qui­sa Da­ta­fo­lha pu­bli­ca­da on­tem no si­te do jor­nal Fo­lha de S Pau­lo diz que PT atin­giu a mai­or po­pu­la­ri­da­de des­de a 2ª pos­se da ex-pre­si­den­te Dil­ma Rous­seff, em 2014. Pa­ra 18% da po­pu­la­ção, o PT é o par­ti­do pre­fe­ri­do. Em se­gui­da, em­pa­ta­dos com 5%, apa­re­cem PSDB e PMDB. O PT foi lí­der de po­pu­la­ri­da­de até jun2015, quando em­pa­tou tec­ni­ca­men­te com o PSDB. Hou­ve re­to­ma­da em mai2017, ao atin­gir 15%, mas ain­da lon­ge do au­ge de 29% na ges­tão Dil­ma em mar2013, pou­co an­tes das ma­ni­fes­ta­ções de ju­nho.

Te­mer pre­ci­sa ga­ran­tir 172 vo­tos no Con­gres­so

Ja­not e Te­mer: de­nún­cia do pro­cu­ra­dor con­tra o pre­si­den­te, ba­se­a­da em de­nún­ci­as da JBS na La­va-Ja­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.