No­vo ci­be­ra­ta­que na Rús­sia, Eu­ro­pa e Bra­sil.

Jornaldodia - - NEGÓCIOS -

No­va on­da de ata­ques ci­ber­né­ti­cos atin­giu on­tem gran­des mul­ti­na­ci­o­nais e go­ver­nos na Ucrâ­nia, Rús­sia e paí­ses da Eu­ro­pa. De­pois de aba­lar em­pre­sas ucra­ni­a­nas e o gru­po pe­tro­lí­fe­ro rus­so Ros­neft, o ata­que afe­ta­va a com­pa­nhia de trans­por­te ma­rí­ti­mo di­na­mar­que­sa Ma­ersk, a gi­gan­te de publicidade bri­tâ­ni­ca WPP e a fran­ce­sa Saint-Go­bain. No Bra­sil, foi atin­gi­do o Hos­pi­tal do Cân­cer de Bar­re­tos SP e a fi­li­al bra­si­lei­ra da mul­ti­na­ci­o­nal far­ma­cêu­ti­ca ame­ri­ca­na MSD. O ví­rus faz apa­re­cer na te­la dos apa­re­lhos um pe­di­do de US$ 300 de res­ga­te. Es­pe­ci­a­lis­tas em se­gu­ran­ça ci­ber­né­ti­ca iden­ti­fi­ca­ram o ví­rus co­mo Pe­tr­wrap, ver­são mo­di­fi­ca­da do ran­sonwa­re Petya.

Ce­ná­rio po­lí­ti­co afe­ta Bol­sa e dó­lar

No­va in­cer­te­za po­lí­ti­ca, in­tro­du­zi­da pe­la de­nún­cia con­tra o pre­si­den­te Te­mer, pres­si­o­nou o mer­ca­do, on­tem. Fez a Bol­sa de S Pau­lo cair 0,82%, pa­ra 61.675 pon­tos, ape­sar da re­cu­pe­ra­ção do pre­ço das com­mo­di­ti­es, que be­ne­fi­ci­ou os pa­péis da Va­le. No mer­ca­do de câm­bio, o dó­lar co­mer­ci­al foi na con­tra­mão do mer­ca­do ex­ter­no e te­ve al­ta de 0,53% an­te o re­al, co­ta­do a R$ 3,3191. Os in­ves­ti­do­res es­tão pre­o­cu­pa­dos com a even­tu­a­li­da­de de Te­mer per­der a ba­se ali­a­da e, com is­so, ne­nhu­ma re­for­ma avan­çar.

Va­le apro­va es­tru­tu­ra­ção so­ci­e­tá­ria

Con­tra gru­pos mi­no­ri­tá­ri­os e fun­dos de pen­são, a Va­le apro­vou on­tem sua re­es­tru­tu­ra­ção so­ci­e­tá­ria. Não há mais blo­co de con­tro­le da em­pre­sa, até ago­ra nas mãos do Bra­des­co e dos fun­dos es­ta­tais. As ações pre­fe­ren­ci­ais dei­xam de exis­tir: se­rão con­ver­ti­das em or­di­ná­ri­as (com di­rei­to a vo­to) — te­ma que apre­sen­tou mai­or re­jei­ção, com vo­to con­trá­rio dos de­ten­to­res de 22% das ações. Ago­ra, a Va­le dá iní­cio ao pra­zo de 45 di­as pa­ra que os de­ten­to­res de um mí­ni­mo de 54,09% das pre­fe­ren­ci­ais acei­tem aderir à con­ver­são: ca­da ação va­le­rá 0,9342 ação or­di­ná­ria.

Sa­rai­va so­be com ru­mor so­bre Ama­zon

Com no­vo ru­mor so­bre in­te­res­se da Ama­zon, as ações da Sa­rai­va dis­pa­ra­ram no pre­gão de on­tem na Bol­sa de S Pau­lo. o pa­pel fe­chou com al­ta 21,62% a R$ 5,40. Cir­cu­lam ru­mo­res que a gi­gan­te nor­te­a­me­ri­ca­na es­ta­ria dis­pos­ta a com­prar a ca­deia Sa­rai­va, em ne­gó­cio ava­li­a­do em US$ 200 mi­lhões. Na­da, po­rém, foi efe­ti­va­men­te con­fir­ma­do. A re­de bra­si­lei­ra apu­rou re­cei­ta bru­ta de R$ 1,9 bi­lhão em 2016, le­ve que­da de 0,4% em re­la­ção ao ano an­te­ri­or. O va­lor de mer­ca­do da Sa­rai­va ho­je é de R$ 130 mi­lhões.

Go­o­gle mul­ta­do em 2,4 bi­lhões na Eu­ro­pa

Por ter fa­vo­re­ci­do seu pró­prio sis­te­ma de com­pras, o Go­o­gle Shop­ping, a Alpha­bet, con­tro­la­do­ra do Go­o­gle, foi mul­ta­da on­tem pe­la Co­mis­são Eu­ro­peia em € 2,42 bi­lhões (R$ 8,9 bi­lhões) — va­lor re­cor­de. O Go­o­gle tem 90 di­as pa­ra in­ter­rom­per a prá­ti­ca. Se não cum­prir, te­rá de pa­gar tam­bém mul­tas diá­ri­as de até 5% da mé­dia diá­ria do vo­lu­me de ne­gó­ci­os da em­pre­sa. Ha­via quei­xas há anos de ri­vais co­mo Yelp, FairSe­ar­ch e TripAd­vi­sor.

Pe­tro­lí­fe­ra rus­sa Ros­neft: uma das atin­gi­das pe­lo ví­rus.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.