Es­ta­do is­lâ­mi­co ameaça Es­pa­nha

Jornaldodia - - INTERNACIONAL -

O au­to­de­no­mi­na­do Es­ta­do Is­lâ­mi­co vol­tou on­tem a ame­a­çar a Es­pa­nha, por meio de um ví­deo di­vul­ga­do na In­ter­net. No ví­deo, o jiha­dis­ta Abu Lais Al Qur­du­bi, co­nhe­ci­do co­mo “o cor­do­bês”, fa­lan­do em es­pa­nhol, diz que o Es­ta­do Is­lâ­mi­co vai re­cu­pe­rar a “Al-An­da­lus” — nome da Pe­nín­su­la Ibé­ri­ca quan­do foi ocu­pa­da pe­los mou­ros. Mas o go­ver­no es­pa­nhol e o ca­ta­lão dis­se­ram que ame­a­ças não os in­ti­mi­dam. Pa­ra evi­tar no­vos ata­ques co­mo o das Ram­blas, flo­rei­ras de to­dos os ta­ma­nhos e blo­cos de con­cre­to es­tão sen­do po­si­ci­o­na­dos nas prin­ci­pais ave­ni­das das gran­des ci­da­des, iso­lan­do as cal­ça­das do lei­to das ru­as.

Imã de Ri­poll es­con­dia fi­cha po­li­ci­al

Ab­del­ba­ki Es Satty, con­si­de­ra­do o cé­re­bro da cé­lu­la jiha­dis­ta que re­a­li­zou aten­ta­dos em Barcelona e Cam­brills, ti­nha vas­ta fi­cha po­li­ci­al, que não era co­nhe­ci­da pe­la Co­mu­ni­da­de Is­lâ­mi­ca de Ri­poll, em cu­ja mes­qui­ta ele tra­ba­lha­va co­mo imã. Ele es­te­ve pre­so na Es­pa­nha en­tre 2010 e 2014 por trá­fi­co de dro­gas e ti­nha pen­den­te uma or­dem de ex­pul­são do país. Ele mor­reu na se­ma­na pas­sa­da, em uma ex­plo­são aci­den­tal, quan­do pre­pa­ra­va ex­plo­si­vos pa­ra aten­ta­dos. O pre­si­den­te da Co­mu­ni­da­de An­nour de Ri­poll, Alí Yas­si­ne, dis­se: “Se sou­bés­se­mos que es­te ho­mem es­te­ve qua­tro anos na pri­são por pro­ble­mas de dro­ga e ha­xi­xe, não en­tra­va aqui”.

Cons­ti­tuin­te ve­ne­zu­e­la­na irá a re­fe­ren­do

A no­va Cons­ti­tui­ção da Ve­ne­zu­e­la, que es­tá sen­do re­di­gi­da pe­la con­tro­ver­sa As­sem­bleia Na­ci­o­nal Cons­ti­tuin­te (ANC), con­vo­ca­da pe­lo pre­si­den­te Ni­co­lás Ma­du­ro, se­rá sub­me­ti­da a re­fe­ren­do pa­ra apro­va­ção. A me­di­da foi anun­ci­a­da on­tem por Delcy Ro­drí­guez, pre­si­den­te da Cons­ti­tuin­te, que fun­ci­o­na­rá por ao me­nos dois anos com po­de­res ab­so­lu­tos, além do fi­nal do man­da­to de Ma­du­ro, em jan2019. A Cons­ti­tuin­te tam­bém as­su­miu o lu­gar do Par­la­men­to.

An­go­la: re­sul­ta­dos par­ci­ais dão van­ta­gem ao MPLA.

In­for­ma­ções di­vul­ga­das pe­la Co­mis­são Na­ci­o­nal de Elei­ções (CNE) de An­go­la apon­tam pa­ra vi­tó­ria ao MPLA, o par­ti­do go­ver­nis­ta. Apu­ra­dos 63% dos vo­tos, o MPLA es­ta­ria com 64,57%, com a Uni­ta, 24,4%, na 2ª po­si­ção. O anún­cio foi fei­to pe­la por­ta-voz da CNE, Jú­lia Fer­rei­ra. Mais de no­ve mi­lhões de an­go­la­nos vo­ta­ram pa­ra ele­ger o Par­la­men­to do país. O lí­der do par­ti­do mais vo­ta­do irá su­ce­der o pre­si­den­te Jo­sé Edu­ar­do dos San­tos.

Des­li­za­men­to de ter­ra dei­xa 14 de­sa­pa­re­ci­dos na Suí­ça

Gran­de des­li­za­men­to de ter­ra atin­giu on­tem a vi­la de Bon­do, em um va­le suí­ço per­to da fron­tei­ra com a Itá­lia, no can­tão de Gri­son. Se­gun­do a po­lí­cia lo­cal, en­tre os de­sa­pa­re­ci­dos há ale­mães, aus­tría­cos e suí­ços. Cer­ca de 100 pes­so­as fo­ram re­ti­ra­das de Bon­do. “Oi­to pes­so­as que es­ta­vam no lo­cal no mo­men­to não fo­ram en­con­tra­dos”, dis­se a Po­lí­cia. E pa­ren­tes de cin­co ou seis pes­so­as que ex­cur­si­o­na­vam nas mon­ta­nhas in­for­ma­ram à po­lí­cia não sa­ber o pa­ra­dei­ro dos pa­ren­tes.

Fi­cha de Ab­del­bak Es Satty sur­pre­en­deu sua co­mu­ni­da­de

Des­li­za­men­to em va­le suí­ço: en­tre os de­sa­pa­re­ci­dos, es­tão ale­mães, aus­tría­cos e suí­ços.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.