Bra­sil 2, Equa­dor 0: 100% apro­vei­ta­dos.

Jornaldodia - - GERAL -

É a melhor cam­pa­nha do Bra­sil pe­las Eli­mi­na­tó­ri­as da Co­pa: on­tem, ga­ran­tiu 100% de apro­vei­ta­men­to ao ven­cer o Equa­dor por 2 a 0, na Are­na do Grê­mio, em Porto Alegre — 9ª vi­tó­ria se­gui­da. Com 36 pon­tos, não pode ser mais al­can­ça­do pe­la Colôm­bia, vi­ce-lí­der, com 25. A va­ga na Co­pa ha­via si­do con­quis­ta­da em mar­ço, quan­do der­ro­tou o Pa­ra­guai por 3 a 0, no Ita­que­rão, em São Pau­lo. On­tem, o ti­me não es­te­ve mui­to bem — o que não im­pe­diu a vi­tó­ria.

Ja­pão ga­ran­ti­do pa­ra a Co­pa 2018

Gra­ças à vi­tó­ria por 2 a 0 con­tra a Aus­trá­lia, on­tem, o Ja­pão tor­nou-se a 4ª se­le­ção a ga­ran­tir par­ti­ci­pa­ção na Co­pa 2018, na Rús­sia. A vi­tó­ria le­vou o Ja­pão aos 20 pon­tos no gru­po B. Na Eu­ro­pa, on­tem, a Fran­ça ven­ceu a Ho­lan­da por 4 a 0 e com­pli­cou o ad­ver­sá­rio. A três ro­da­das do fim, a Ho­lan­da tem 10 pon­tos e es­tá na 4ª co­lo­ca­ção. Ou­tros jo­gos: Uru­guai e Ar­gen­ti­na em­pa­ta­ram sem gols; Pe­ru ven­ceu a Bo­lí­via por 2 a 1.

Re­ser­va na Amazô­nia: tu­do pa­ra­do.

Após a pés­si­ma re­per­cus­são do de­cre­to que ex­tin­guiu a Re­ser­va Na­ci­o­nal de Co­bre e seus As­so­ci­a­dos (Ren­ca), na Amazô­nia, e um dia após a Jus­ti­ça sus­pen­der os efei­tos do de­cre­to do pre­si­den­te Te­mer, o governo bra­si­lei­ro de­ci­diu pa­ra­li­sar to­dos os pro­ce­di­men­tos so­bre di­rei­tos mi­ne­rá­ri­os na área da re­ser­va, en­tre Pa­rá e Ama­pá. Se­gun­do o mi­nis­tro Fer­nan­do Co­e­lho Fi­lho, Mi­nas & Ener­gia, a par­tir de ago­ra se­rá ini­ci­a­do “am­plo de­ba­te” so­bre al­ter­na­ti­vas pa­ra pro­te­ção da re­gião. Em 120 dias, o mi­nis­té­rio de­ve apre­sen­tar even­tu­ais me­di­das pa­ra “pro­mo­ção do de­sen­vol­vi­men­to sus­ten­tá­vel”.

Rit­mo es­tag­na­do de ma­trí­cu­las no ensino su­pe­ri­or

Em 2016, es­tag­nou-se o rit­mo de cres­ci­men­to de ma­trí­cu­las no ensino su­pe­ri­or. Em 2010, fo­ram 6,4 mi­lhões de ma­trí­cu­las; em 2014, 7,83 mi­lhões; em 2015, 8,03 mi­lhões, mas em 2016, ape­nas 8,05 mi­lhões. Os da­dos são do Cen­so da Edu­ca­ção Su­pe­ri­or di­vul­ga­do on­tem pe­lo Inep, ór­gão do Mi­nis­té­rio da Edu­ca­ção. O MEC atri­bui o nú­me­ro à que­da de 0,2% no nú­me­ro de ma­trí­cu­las na re­de pri­va­da en­tre 2015 e 2016. Nas uni­ver­si­da­des pú­bli­cas, o nú­me­ro cres­ceu 1,9%. Pa­ra o mi­nis­tro Men­don­ça Fi­lho, Edu­ca­ção, a cri­se foi a res­pon­sá­vel pe­la que­da no nú­me­ro de ma­trí­cu­las na re­de pri­va­da em 2016. Das 2.407 ins­ti­tui­ções brasileiras, 87,7% (2.111) são pri­va­das e 12,3% são pú­bli­cas.

A Ho­lan­da com­pli­ca-se nas Eli­mi­na­tó­ri­as

As­te­rói­de Flo­ren­ce, de 4,4 km de di­â­me­tro: a 'ape­nas' 7 mi­lhões de km da Ter­ra, hoje.

Ren­ca: mi­né­rio x re­ser­va.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.