CS da ONU vai dis­cu­tir san­ções con­tra Pyongyang

Jornaldodia - - INTERNACIONAL -

O Con­se­lho de Se­gu­ran­ça (CS) da ONU re­a­li­zou uma reu­nião on­tem pa­ra ini­ci­ar as dis­cus­sões que de­fi­ni­rão uma res­pos­ta ao sex­to tes­te nu­cle­ar da Co­reia do Nor­te. A em­bai­xa­do­ra Nik­ki Ha­ley, EUA, pe­diu san­ções se­ve­ras e afir­mou que o re­gi­me nor­te-co­re­a­no “es­tá pe­din­do por uma gu­er­ra”. Di­ver­sos paí­ses, prin­ci­pal­men­te os vi­zi­nhos Ja­pão e Co­reia do Sul, tam­bém pe­di­ram mais san­ções con­tra o re­gi­me nor­te-co­re­a­no, que se­rão vo­ta­das na pró­xi­ma se­ma­na. Fran­ça e Rei­no Uni­do, mem­bros per­ma­nen­tes do CS (com po­der de ve­to), são fa­vo­rá­veis a no­vas san­ções. Já a Chi­na de­fen­deu o diá­lo­go, mas afir­mou que não per­mi­ti­rá ca­os nem gu­er­ra na pe­nín­su­la co­re­a­na.

Mais de 80 mil rohingyas re­fu­gi­a­dos em Ban­gla­desh

Dis­cri­mi­na­dos e per­se­gui­dos em seu país, Mianmar (exBir­mâ­nia), por se­rem muçulmanos no país ma­jo­ri­ta­ri­a­men­te bu­dis­ta, ao me­nos 87 mil re­fu­gi­a­dos da et­nia rohingya fugiram pa­ra Ban­gla­desh em ape­nas dez di­as. Ou­tros 20 mil per­ma­ne­cem re­ti­dos na fron­tei­ra. Eles fo­gem da mai­or on­da de vi­o­lên­cia con­tra os rohingyas já re­gis­tra­da no país, que dei­xou mais de 400 mor­tos. Mais de 400 mil rohingyas já vi­vem em Ban­gla­desh. A ONU cri­ti­cou a lí­der po­lí­ti­ca bir­ma­ne­sa Aung San Suu Kyi, por não pro­te­ger a et­nia rohingya, nem se ma­ni­fes­tar so­bre o dra­ma hu­ma­ni­tá­rio.

Fu­ra­cão Irma é no­va ame­a­ça pa­ra Ca­ri­be e EUA

O fu­ra­cão Irma, que avan­ça pe­las ilhas do Ca­ri­be e de­ve to­car o ter­ri­tó­rio nor­te-ame­ri­ca­no ama­nhã, se for­ta­le­ceu, pas­san­do da ca­te­go­ria 3 pa­ra 4 — a se­gun­da mais al­ta na es­ca­la Saf­fir-Simp­sons —, anun­ci­ou on­tem o Cen­tro Na­ci­o­nal de Fu­ra­cões dos EUA (NHC). On­tem à tar­de, o olho de Irma es­ta­va 790 km a Les­te das Pe­que­nas An­ti­lhas, com ven­tos de até 215 km/h. O go­ver­na­dor de Por­to Ri­co, Ri­car­do Ros­sel­ló, de­cla­rou es­ta­do de emer­gên­cia e ati­vou a Guar­da Na­ci­o­nal, em pre­pa­ra­ção à che­ga­da do Irma. Na Fló­ri­da, o go­ver­na­dor Rick Scott de­cla­rou emer­gên­cia.

Guer­ri­lha ELN acer­ta ces­sar-fo­go com go­ver­no da Colôm­bia

O úl­ti­mo gru­po ra­di­cal ar­ma­do ati­vo na Colôm­bia, o Exér­ci­to de Li­ber­ta­ção Na­ci­o­nal (ELN), acer­tou um ces­sar­fo­go bi­la­te­ral com o go­ver­no co­lom­bi­a­no, em meio às ne­go­ci­a­ções de paz. A de­ci­são che­gou às vés­pe­ras da vi­si­ta do Pa­pa Fran­cis­co ao país. O diá­lo­go com o ELN é es­pe­ra­do des­de que o go­ver­no fir­mou o his­tó­ri­co acor­do de paz com a guer­ri­lha For­ças Ar­ma­das Re­vo­lu­ci­o­ná­ri­as da Colôm­bia (Farc). O ces­sar­fo­go co­me­ça no dia 1º de ou­tu­bro e te­rá pre­vi­são ini­ci­al de 102 di­as.

Wil­li­am e Ka­te anun­ci­am mais um be­be re­al

O prín­ci­pe Wil­li­am e a es­po­sa, Ka­te Middleton — du­que e duquesa de Cambridge — anun­ci­a­ram on­tem que te­rão o ter­cei­ro fi­lho. O Pa­lá­cio de Ken­sing­ton con­fir­mou a no­tí­cia pe­lo Twitter. O ca­sal já tem o pe­que­no prín­ci­pe Ge­or­ge, de 4 anos, e a prin­ce­sa Char­lot­te, de 2. De acor­do com o pa­lá­cio, a rai­nha Eli­za­beth II e as fa­mí­li­as es­tão en­can­ta­das com a no­tí­cia.

De­pois das Farc, a Colôm­bia faz acor­do com a ELN.

Rohingyas, de Mianmar, re­fu­gi­a­dos em Ban­gla­desh: pe­lo me­nos 87 mil fugiram em ape­nas dez di­as.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.