Bar­ro­so au­to­ri­za in­ves­ti­ga­ção de Te­mer

Jornaldodia - - POLÍTICA -

No­va in­ves­ti­ga­ção atin­ge o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer: on­tem, o mi­nis­tro do Su­pre­mo Luís Ro­ber­to Bar­ro­so de­ci­diu abrir inqué­ri­to pa­ra apu­rar o ca­so do De­cre­to dos Por­tos. Te­mer po­de ser acu­sa­do por la­va­gem de di­nhei­ro e corrupção. O Pla­nal­to tam­bém es­tá em aler­ta em re­la­ção à acu­sa­ção con­tra o ‘qua­dri­lhão do PMDB’, do qual Te­mer se­ria o “che­fe”, se­gun­do a Po­lí­cia Fe­de­ral. O re­la­tó­rio da PF po­de tur­bi­nar no­va de­nún­cia do pro­cu­ra­dor-ge­ral Ro­dri­go Ja­not. Pes­so­as pró­xi­mas a Te­mer acham que o ex-mi­nis­tro Ged­del Vi­ei­ra de Li­ma, já pre­so, po­de ser tó­xi­co co­mo Antô­nio Pa­loc­ci em re­la­ção ao ex-pre­si­den­te Lu­la.

Fu­na­ro diz que Te­mer re­ce­beu pro­pi­na de An­gra 3

Em acor­do de de­la­ção, o ope­ra­dor Lú­cio Fu­na­ro dis­se que o pre­si­den­te Te­mer re­ce­beu pro­pi­na da obra da usi­na de An­gra 3, no Rio. Fu­na­ro apon­tou qua­tro pes­so­as co­mo ope­ra­do­ras: Jo­sé Yu­nes, seu exas­ses­sor; Wag­ner Ros­si, ex­mi­nis­tro da Agri­cul­tu­ra; Mar­ce­lo Aze­re­do; e o co­ro­nel João Ba­tis­ta Li­ma Fi­lho. On­tem, Fu­na­ro re­la­tou ao Su­pre­mo que sua ca­sa em São Pau­lo foi in­va­di­da no úl­ti­mo do­min­go, por dois ho­mens. Fu­na­ro pe­diu que a PF in­ves­ti­gue se a in­va­são es­tá li­ga­da ao seu acor­do de de­la­ção pre­mi­a­da.

CPI da JBS: re­be­lião con­tra o re­la­tor.

In­te­gran­te da tro­pa de cho­que do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer, o de­pu­ta­do Car­los Ma­run (PMDB-MS) foi es­co­lhi­do on­tem re­la­tor da CPI da JBS no Con­gres­so. A CPI pre­ten­de apu­rar ir­re­gu­la­ri­da­des em em­prés­ti­mos do BNDES ao gru­po J&F (JBS). A in­di­ca­ção pro­vo­cou uma re­be­lião: on­tem, o se­na­dor Ri­car­do Fer­ra­ço (PSDB-ES) pe­diu pa­ra sair da co­mis­são. Ou­tros par­la­men­ta­res pro­me­tem se­gui­lo. “(A es­co­lha de Ma­run) dei­xa a im­pres­são de acer­to de con­tas”, dis­se o se­na­dor. Ma­run diz que “bus­ca­rá a ver­da­de”.

Mil­ler quer que Su­pre­mo ou­ça Ja­not

Re­que­ri­men­to do ex-pro­cu­ra­dor Mar­cel­lo Mil­ler, en­ca­mi­nha­do on­tem ao Su­pre­mo, quer que se­jam ou­vi­dos mem­bros da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral — in­clu­si­ve o pró­prio pro­cu­ra­dor-ge­ral Ro­dri­go Ja­not. O re­que­ri­men­to ar­gu­men­ta que o pe­di­do de pri­são con­tra Mil­ler por Ro­dri­go Ja­not, an­tes da co­lhei­ta de de­poi­men­tos, ca­rac­te­ri­za “pro­ces­so às aves­sas”, e que seu des­ti­no já “es­ta­va pre­vi­a­men­te de­ci­di­do”. On­tem, ain­da, a Or­dem dos Ad­vo­ga­dos do Bra­sil (OAB) sus­pen­deu tem­po­ra­ri­a­men­te a car­tei­ra de Mil­ler.

Do­ria ad­mi­te pré­vi­as com Alck­min

Mu­dou o tom do pre­fei­to pau­lis­ta­no João Do­ria, em re­la­ção à can­di­da­tu­ra pe­lo PSDB à Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca. Do­ria ad­mi­tiu on­tem que po­de­rá dis­pu­tar as pré­vi­as do par­ti­do. “O tempo vai di­zer”, dis­se Do­ria. On­tem, o go­ver­na­dor Alck­min fez uma jo­ga­da de mar­ke­ting por sua can­di­da­tu­ra: vi­a­jou a Bra­sí­lia em voo co­mer­ci­al e pos­tou nas re­des so­ci­ais sua fo­to na fi­la de em­bar­que do ae­ro­por­to de Con­go­nhas.

Do­ria ga­ran­tiu que não con­cor­re­ria à Pre­si­dên­cia

Ge­ral­do Alck­min (à di­rei­ta): mar­ke­ting na fi­la do em­bar­que — fo­to pos­ta­da di­re­ta­men­te nas re­des so­ci­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.