IBC-Br apon­ta cres­ci­men­to de 0,41%

Jornaldodia - - ECONOMIA -

Mais for­te do que se es­pe­ra­va, a re­cu­pe­ra­ção da eco­no­mia foi ex­pres­sa on­tem pe­lo Ín­di­ce de Ati­vi­da­de Econô­mi­ca do Ban­co Cen­tral (IBC-Br), que mos­trou al­ta de 0,41% em ju­lho — um bom iní­cio de tri­mes­tre. Em jun2017, a ele­va­ção foi de 0,55%. No ano, o IBC-Br pas­sou ao ter­re­no po­si­ti­vo, com pe­que­na al­ta de 0,14% e de 0,31% na sé­rie com ajus­te. Nos 12 me­ses en­cer­ra­dos em ju­lho, há ainda re­tra­ção, de 1,44% na sé­rie sem ajus­te e de 1,37% no da­do ajus­ta­do. O IBC-Br é con­si­de­ra­do uma pré­via do PIB.

De­nún­cia vai atra­sar re­for­mas

De­vi­do à no­va de­nún­cia con­tra o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer [ver PO­LÍ­TI­CA], o pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Rodrigo Maia (DEM-RJ), dis­se on­tem acre­di­tar que a agenda de re­for­mas te­rá de es­pe­rar. Ha­via es­pe­ran­ça de re­to­ma­da da vo­ta­ção da re­for­ma da Pre­vi­dên­cia. Pa­ra­le­la­men­te, há tra­mi­ta­ção de me­di­das pro­vi­só­ri­as com im­pac­to nas con­tas pú­bli­cas. “Te­mos de ter pa­ci­ên­cia e equi­lí­brio”, dis­se Maia, du­ran­te par­ti­ci­pa­ção em um se­mi­ná­rio em Ara­xá MG.

IGP-10 in­ter­rom­pe cin­co me­ses de de­fla­ção

Cin­co me­ses em de­fla­ção fo­ram sus­pen­sos on­tem na úl­ti­ma lei­tu­ra do Ín­di­ce Ge­ral de Pre­ços - 10 (IGP-10), di­vul­ga­do pe­la Fun­da­ção Ge­tú­lio Var­gas (FGV). Em se­tem­bro, o IGP-10 su­biu 0,39% — con­tra -0,17% em agos­to e +0,36% em set2016. Ape­sar da al­ta de pre­ços em se­tem­bro, o in­di­ca­dor acu­mu­la de­fla­ções (que­das de pre­ço) de 2,03% no ano e de 1,66% em 12 me­ses. Os pre­ços no ata­ca­do ti­ve­ram in­fla­ção de 0,55% em se­tem­bro, an­te de­fla­ção de 0,42% em agos­to. O Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Cus­to da Cons­tru­ção tam­bém re­gis­trou in­fla­ção (0,35%) em se­tem­bro, aci­ma da ta­xa de agos­to (0,27%). No en­tan­to, os pre­ços no va­re­jo não re­gis­tra­ram va­ri­a­ção. Em agos­to, ha­via si­do re­gis­tra­da in­fla­ção de 0,34%.

Me­nos bra­si­lei­ros com dí­vi­das

Pe­lo sex­to mês se­gui­do, caiu o nú­me­ro de bra­si­lei­ros com con­tas em atra­so e re­gis­tra­dos nos ca­das­tros de de­ve­do­res. Em agos­to, a que­da foi de 0,41%, so­bre o mes­mo mês de 2016, pe­los da­dos do Ser­vi­ço de Pro­te­ção ao Cré­di­to (SPC) Bra­sil) e da Con­fe­de­ra- ção Na­ci­o­nal de Di­ri­gen­tes Lo­jis­tas. Em agos­to, fo­ram con­ta­dos 59,1 mi­lhões de pes­so­as com con­tas em atra­so e com CPF res­tri­to para cré­di­to. O úl­ti­mo au­men­to no nú­me­ro de de­ve­do­res foi em fe­ve­rei­ro des­te ano, de 0,41%.

Es­ta­do do Rio vai atra­sar pa­ga­men­tos

Par­te dos ser­vi­do­res do Es­ta­do do Rio não vai re­ce­ber to­do o sa­lá­rio de agos­to — mes­mo de­pois de o go­ver­no ter ade­ri­do ao pro­gra­ma de so­cor­ro fe­de­ral. A ex­pec­ta­ti­va era de que, após a as­si­na­tu­ra, os pa­ga­men­tos fos­sem re­gu­la­ri­za­dos. Em no­ta di­vul­ga­da on­tem, a Se­cre­ta­ria de Fa­zen­da afir­mou que pa­ga­rá ho­je ape­nas ati­vos e ina­ti­vos das áre­as de se­gu­ran­ça e edu­ca­ção, além de ser­vi­do­res de ou­tras áre­as que re­ce­bem até R$ 2.052. Par­te dos ser­vi­do­res ainda não re­ce­be­ram o 13º sa­lá­rio de 2016.

Há 59 mi­lhões com con­tas em atra­so: 0,41% a me­nos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.